Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
ATÉ O CACHORRO FOI ENVENENADO

Mulher é presa por envenenar ex-noivo e família com doces

Na casa de suspeita, a polícia encontrou a bolsa usada na entrega dos doces

sábado, 25/09/2021, 15:27 - Atualizado em 25/09/2021, 15:27 - Autor: Com informações Metrópoles


Além de Dione e Amanda, a mãe, cunhada e sobrinha da noiva também comeram os doces
Além de Dione e Amanda, a mãe, cunhada e sobrinha da noiva também comeram os doces | REPRODUÇÃO/ARQUIVO PESSOAL

O início de uma história a dois é marcado pela esperança e emoção do encontro, porém os desgostos causados por desentendimentos podem atingir os parceiros de forma negativa e consequentemente terminar a relação. Algumas pessoas conseguem facilmente seguir a vida sem o ex-parceiro, outras, no entanto, não aceitam o fim. Movidos pela raiva, acabam se vingando de forma cruel para tentar chamar a atenção e causar sofrimento ao ex.

Foi o caso de uma mulher que está sendo acusada de ter envenenado o ex-noivo e a família dele por não aceitar o fim do compromisso, no interior de Minas Gerais. Investigações da Polícia Civil apontam que a ex-namorada do empresário Dione Quirino, de 35 anos, é a principal suspeita de ter mandado doces envenenados a ele e a sua namorada, Amanda Cássia Lopes, de 27 anos em Jaíba. A acusada teve a prisão decretada e foi presa nesta sexta-feira (24).

De acordo com delegado Marconi Vieira Rocha, a suspeita, que não teve a sua identidade revelada não aceitava o novo relacionamento do ex-noivo e movida pela raiva resolveu enviar os doces de outra cidade para tentar despistar a polícia.

“Ela foi a uma outra cidade, a uns 35 km de Jaíba, e de lá entregou a encomenda para um moto-taxista, que entregou para um taxista e ele fez a entrega para as vítimas”, contou Marconi à imprensa.

Veja também!


Na sexta-feira (24), as autoridades cumpriram um mandado de busca, apreensão e prisão contra a acusada. Durante as buscas, foi encontrada a bolsa usada na entrega, que teria sido devolvida à suspeita.

Além de Dione e Amanda, a mãe, cunhada e sobrinha da noiva também comeram os doces. Ainda segundo o delegado, os quatro adultos estão internados no Hospital Municipal de Jaíba com quadro de pneumonia.

Já a criança foi transferida para Janaúba, onde continua internada em estado grave. O cachorro da família, que também comeu o doce, morreu.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS