Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
POLÊMICA

Ex-ministro resistia a "jabuti" de gasoduto de R$100 bilhões

Bolsonaro exonerou o ministro da pasta de Minas e Energia, Bento Albuquerque, na última quarta-feira (11).

quinta-feira, 12/05/2022, 08:58 - Atualizado em 12/05/2022, 08:56 - Autor: ( com informação da Folha de São Paulo )

Google News

Ele foi substituído por Adolfo Sachsida.
Ele foi substituído por Adolfo Sachsida. | Agência Brasil

A troca do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, nesta quarta-feira (11), pegou de surpresa grande parte do governo. Apesar das constantes críticas de Bolsonaro à política de preços dos combustíveis, muitos imaginavam que Bento continuaria, principalmente por sua origem militar.

Bolsonaro troca Ministro da Energia por Adolfo Sachsida 

Ele era um dos poucos que resistia ao projeto bilionário que quer construir gasodutos no país. A proposta do centrão é polêmica. Com um custo de R$ 100 bilhões ela beneficia diretamente ex-sócio da empreiteira OAS, Carlos Suarez, conhecido como "rei do gás".

O empresário junto dos sócios são os únicos com autorização para distribuir gás em oito estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. 

VEJA TAMBÉM:

Frango, filé mignon e picanha sobem mais que a inflação

Vídeo: vereador morre em grave acidente na Transamazônica 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS