Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
MORTES NO AMAZÔNAS

Comissão do Senado pede a federalização do caso Dom e Bruno

A investigação do caso segue em curso

quarta-feira, 06/07/2022, 20:37 - Atualizado em 06/07/2022, 20:36 - Autor: (Com informações Correio Brasiliense

Google News

Bruno e Dom morreram em emboscada e tiveram os corpos esquartejados
Bruno e Dom morreram em emboscada e tiveram os corpos esquartejados | ( Reprodução )

Bruno e Dom foram abordados e mortos no trajeto de barco entre Atalaia do Norte e a Comunidade São Rafael, o crime foi confessado. Os dois foram mortos no mesmo dia, possivelmente com arma de fogo. E os corpos esquartejados e queimados.

Dom e Bruno foram mortos com tiros no peito e na cabeça

A investigação do caso segue em curso. Mas a comissão temporária que investiga os assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips, aprovou, nesta quarta-feira (6), o relatório feito na semana passada sobre a diligência em Atalaia do Norte e Tabatinga, ambas no Amazonas. A comissão vai pedir à Justiça Federal e ao Ministério Público a federalização das investigações.

Suspeito da morte de Bruno e Dom diz ter fugido pelo Pará

O colegiado também defenderá que a apuração sobre o assassinato do funcionário da Funai Maxciel Pereira, em 2019, sejam anexados à investigação, assim como dados sobre as ameaças relatadas desde o início do ano no Vale do Javari, onde ocorreram as mortes do indigenista e do jornalista. 

Polícia de SP prende mais um suspeito de assassinatos no AM

Na próxima semana, a comissão vai se reunir com familiares de Bruno e Dom e com o subprocurador-geral da República, Carlos Frederico, indicado para a investigação do caso.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS