Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
ELEIÇÕES 2022

Pesquisa: 52% dos jovens preferem Lula; Bolsonaro 21%

Na recente pesquisa eleitoral Exame/Ideia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o preferido entre os eleitores com 16 a 24 anos de idade

domingo, 24/07/2022, 12:23 - Atualizado em 24/07/2022, 12:22 - Autor: Com informações de Exame

Google News

Lula continua à frente, aponta pesquisa
Lula continua à frente, aponta pesquisa | ( Reprodução )

A corrida eleitoral tende a acelerar a partir de agora com a oficialização das candidaturas dos que vão disputar o pleito 2022, principalmente para o cargo de presidente da República. Até o final da manhã deste domingo (24), quatro nomes foram confirmados: Luiz Inácio Lula Silva (PT), Ciro Gomes (PDT), André Janones (Avante) e Jair Bolsonaro (PL) - que tentará a reeleição em meio a uma série de ataques às urnas eletrônicas e sistema de apuração.

Como denunciar e se proteger do telemarketing abusivo

Entre os presidenciáveis o ex-presidente Lula aparece como o favorito entre os jovens eleitores com 16 e 24 anos de idade, segundo a pesquisa Exame/Ideia, divulgada na última quinta-feira (21).

Numa simulação de 1º turno, Lula tem 52% da preferencia do eleitorado jovem. Bolsonaro aparece com 21%, Ciro com 10% e Simone Tebet (6%).

 

Lula continua à frente, aponta pesquisa
Lula continua à frente, aponta pesquisa | ( Reprodução )
 

Entre os eleitores com 60 anos de idade ou mais, Lula e Bolsonaro tem igualmente 39% da preferência. Ciro 6% e Simone 5%.

A pesquisa ouviu 1.500 pessoas entre os dias 15 e 20 de julho. As entrevistas foram feitas por telefone. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-09608/2022.

Ananindeua aplica 4ª dose contra Covid para 30 anos ou mais

Números gerais

Nos números gerais de simulação de primeiro turno, o ex-presidente Lula tem 44% das intenções de voto, e o presidente Bolsonaro aparece com 33%. Ciro Gomes tem 8%, e Simone Tebet, 4%. André Janones (Avente) fez 2%. Os demais nomes testados pontuaram 1% ou ficaram abaixo disso.

Em comparação com a última pesquisa, feita em junho, os números oscilaram dentro da margem de erro. Apesar dessa variação, quem teve uma queda maior, no limite da margem, foi o presidente Bolsonaro, saindo de 36%, há um mês, para 33%. Lula perdeu um ponto percentual.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS