Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
TRÊS SEGUEM EM ANÁLISE

Suspeita de varíola dos macacos no Acre é descartada

Outros três casos seguem em investigação

terça-feira, 26/07/2022, 16:23 - Atualizado em 26/07/2022, 16:25 - Autor: Com informações A Gazeta

Google News

Teste varíola dos macacos
Teste varíola dos macacos | ( Reprodução )

Ultimamente o assunto e preocupação com a varíola dos macacos, se tornou mundial. A doença é transmitida pelo vírus monkeypox, que pertence ao gênero orthopoxvirus. É considerada uma zoonose viral (o vírus é transmitido aos seres humanos a partir de animais). 

Após ter chegado rapidamente ao Brasil e a alguns estados brasileiros, pesquisadores têm estudado como o vírus está se espalhando e como se prevenir. 

Varíola dos Macacos: Pará não possui casos suspeitos

Nas últimas semanas a doença teria chegado na região do Acre, mas a Secretaria de Estado de Saúde do Acre informou que o primeiro caso suspeito de contaminação pela Varíola dos Macacos no Estado foi descartado, após exame de sequenciamento genético. Além disso, outros quatro casos seguem em investigação. 

A coordenadora do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde do Acre, Débora dos Santos, destaca que um novo paciente, natural de Boca do Acre/AM, deu entrada no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) na terça-feira, 5, e foi detectada a suspeita da doença.

Japão emite alerta para surto de varíola dos macacos

“Nós temos hoje 4 casos suspeitos. Desses quatro casos, ontem recebemos o resultado do exame do primeiro caso suspeito que deu negativo, então encerramos a investigação como caso descartado. Ele nem chegou a ficar internado, mas sim em tratamento domiciliar. Ontem, recebeu alta, devido ao exame negativo. Temos ainda dois casos em Cruzeiro do Sul e estamos aguardando os resultados dos exames e fomos notificados hoje a respeito de um paciente de Boca do Acre, ele está internado no Huerb e ontem começou a apresentar erupção cutânea. Esse paciente não tem histórico de viagem. Ele mora na zona rural e, até onde averiguamos com a família, ele só se deslocou para Rio Branco. O Lacen já realizou a coleta e ele segue internado no Huerb”, explicou.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS