Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
ABANDONO DE POSTO

Vídeo: médico pula muro para fugir de plantão e é afastado

A Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju (SE), que afastou o profissional das suas funções após o flagrante, abriu uma investigação interna para apurar o fato.

quinta-feira, 04/08/2022, 15:48 - Atualizado em 04/08/2022, 15:48 - Autor: DOL, com informações A8 Sergipe

Google News

Momento em que o médico salto o muro e foge do plantão.
Momento em que o médico salto o muro e foge do plantão. | (Foto: Reprodução do Vimeo)

O artigo 9º do Código de Ética Médica determina expressamente que o profissional médico não pode deixar de comparecer ao plantão em horário preestabelecido ou abandoná-lo sem a presença de um substituto, salvo justo impedimento ou devido à força maior.

Apesar disso, na madrugada do último dia 28, um médico foi flagrado pulando o muro do Hospital Municipal Fernando Franco, em Aracaju, capital de Sergipe, para fugir do plantão, abandonando dezenas de pacientes que aguardavam atendimento. O episódio foi registrado pelas câmeras de segurança da própria unidade de saúde.

LEIA TAMBÉM:

Vídeo: pênis de atleta "escapa" em meio a prova de atletismo

Mulher diz que namorado tem 100 ereções por dia 

Somente na última terça-feira (2), após o fato ganhar repercussão na mídia local, é que a Secretaria Municipal da Saúde decidiu se manifestar por meio de uma nota. No comunicado, o órgão informou que o profissional foi afastado após "ser flagrado abandonando o posto de trabalho durante o plantão sem justificativa prévia".

As imagens do flagrante, que acabaram sendo compartilhadas nas redes sociais, mostram o momento em que o plantonista pula um muro e sai do local.

ASSISTA!     

Ainda de acordo com a nota publicada pela SMS, o médico foi imediatamente afastado de suas funções e assim permanecerá enquanto uma investigação interna fará a apuração do fato.

Além disso, o comunicado confirmou que a Secretaria está tomando todas as providências administrativas cabíveis para responsabilizar o médico, inclusive denunciando sua conduta ao Conselho Regional de Medicina

"A secretaria salienta a importância do sistema de monitoramento eletrônico, tanto no que se refere à segurança patrimonial, zelando pelo bem público, como para segurança dos pacientes e usuários dessas unidades e, ainda, como instrumento de apuração de condutas irregulares que possam comprometer a qualidade dos serviços prestados à população", afirmou a nota da SMS.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS