plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 25°
cotação atual R$


home
FEMINICÍDIO

Pai de ex-vereador mata ex-esposa na frente da família 

Adelino Filho matou a esposa e depois tirou a própria vida. O caso aconteceu em Boa Vista, no estado de Roraima

Imagem ilustrativa da notícia Pai de ex-vereador mata ex-esposa na frente da família  camera Adelino Dias Sousa Filho é pai do ex-vereador de Boa Vista. Adelino Neto | Reporodução

Os casos de violência de gênero estão em alta no Brasil. Dados reunidos pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública constataram que, embora os registros de homicídio em geral registraram queda (-3,4%), os feminicídios tiveram alta. Foram 2,6% a mais neste ano do que nos primeiros seis meses de 2022: 722 assassinatos no total, o maior número da série histórica. Um triste e perigoso cenário, sobretudo para as mulheres.

Um incidente abalou a vicinal Urubuzinho, área Rural de Boa Vista, em Roraima. Adelino Dias Sousa Filho, de 59 anos, tirou a vida de sua ex-esposa, Maria Amparo Lima Sousa, de 54, diante de familiares, antes de cometer suicídio. Adelino é pai do ex-vereador da capital, Adelino Neto. O caso aconteceu na última sexta-feira (1º).

Segundo relatos da Polícia Civil, o evento ocorreu por volta das 21h, quando a vítima e seus familiares estavam retornando para o sítio onde residiam. O homem surpreendeu a família, atirando contra Maria Amparo. Mesmo buscando proteção no compartimento traseiro do carro, ela foi perseguida e fatalmente atingida.

Conteúdo relacionado

Logo após o crime, o agressor fugiu do local, mas testemunhas ouviram um disparo e prontamente iniciaram uma busca. O homem foi encontrado sem vida, após ter cometido suicídio com a mesma arma utilizada para matar a ex-esposa.

Informações revelaram que, em novembro deste ano, a vítima havia solicitado uma medida protetiva de urgência contra o ex-marido. Apesar das ameaças sofridas, ela optou por não prosseguir com a denúncia criminal. Receosa, mudou-se para o sítio, onde vivia com a filha, netos e genro.

Quer saber mais notícias do Brasil? Acesse o nosso canal no WhatsApp

A perícia foi acionada para os procedimentos necessários no local, enquanto os corpos foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML).

Inicialmente, a Delegacia Geral de Homicídios (DGH) assumiu o caso, mas a investigação foi transferida para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, a fim de concluir as diligências. O episódio está sendo tratado como um caso de feminicídio seguido de suicídio, deixando a comunidade local consternada diante dessa triste realidade.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Notícias Brasil

Leia mais notícias de Notícias Brasil. Clique aqui!

Últimas Notícias