Diário Online
Notícias / Cursos & Empregos
OPORTUNIDADE DE TRABALHO

Curso oferta capacitação gratuita para mulheres do Combu

O projeto capacita pessoas para o mercado de trabalho

segunda-feira, 21/03/2022, 15:08 - Atualizado em 21/03/2022, 15:08 - Autor: Com informações da assessoria

Google News

A capacitação será ministrada pelos profissionais do Instituto Unibela
A capacitação será ministrada pelos profissionais do Instituto Unibela | Divulgação/ Equatorial energia

As mulheres da Ilha do Combu terão a oportunidade de se profissionalizar e conseguir mais espaço no mercado de trabalho. A partir de hoje, 21 até o dia 25 de março, as inscrições para o curso de Design de Sobrancelhas estão abertas. O curso será exclusivo para as mulheres da Ilha e as interessadas devem realizar a inscrição na Ygara Artesanal e Turismo, das 8h às 17h.

Podem participar mulheres, clientes da distribuidora, que sejam maiores de 18 anos. Além dos documentos pessoais, é necessário que seja apresentada a última fatura de energia. Serão disponibilizadas 15 vagas. 

A capacitação será ministrada pelos profissionais do Instituto Unibela e realizada durante a próxima semana, de 28 de março a 1º de abril, no mesmo local de inscrição, no Ygara Artesanal e Turismo. As aulas serão presenciais obedecendo todos os protocolos de prevenção à Covid-19 estabelecidos pelos órgãos de saúde.  

As aulas serão desenvolvidas de forma minuciosa para que as participantes aprendam tudo e se tornem verdadeiras especialistas em Design de Sobrancelhas, mesmo que ainda não tenham prática, sendo uma porta para entrada no mercado de trabalho. 

Veja também:

De acordo com o engenheiro da área de eficiência energética, Willian Melo, o objetivo do Projeto E+ Profissional é promover capacitação, criar oportunidades no mercado de trabalho e aumentar a geração de renda das famílias. “Os cursos são gratuitos e no final todos as participantes receberão certificados. Além disso, esta é uma ação alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4, da Organização das Nações Unidas (ONU), para a promoção da qualidade na educação”, acrescenta. 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS