Diário Online
Notícias / Marabá
SUICÍDIO OU ASSASSINATO?

Morte de Maura Dubal será reconstituída em Marabá

A Polícia Civil espera descobrir o que aconteceu na Vila Militar, no dia 4 de janeiro de 2020. O caso continua um mistério mais de um ano depois.

quinta-feira, 06/05/2021, 15:03 - Atualizado em 06/05/2021, 15:03 - Autor: Com informações Correio de Carajás


Maura Dubal morreu com um tiro de pistola na cabeça. Suicídio ou assassinato?
Maura Dubal morreu com um tiro de pistola na cabeça. Suicídio ou assassinato? | Reprodução/Arquivo Pessoal

Após mais de um ano, a Polícia Civil ainda investiga a estranha morte de Maura Dubal Martins, morta com um tiro na cabeça no dia 4 de janeiro de 2020, dentro de sua casa, na Vila Militar Castelo Branco, em Marabá, sudeste paraense.

Um novo capítulo dessa história deve ser escrito nos próximos dias. É que o Departamento de Homicídios vai realizar uma reconstituição do crime.

A reprodução será um momento em que as autoridades vão tentar refazer os últimos passos de Maura até o momento em que ela morreu e os outros acontecimentos que se sucederam logo depois da morte, que pode ter sido suicídio ou assassinato.

VEJA TAMBÉM!


A realização da reprodução foi confirmada nesta quarta-feira (5), pelo delegado Toni Rinaldo Rodrigues de Vargas, titular do Departamento de Homicídios, que investiga o caso. A data da reconstituição não foi divulgada para evitar aglomeração no local.

O delegado também informou que as perícias sobre o caso realizadas pelo Centro de Perícias Científicas (CPC) Renato Chaves já foram concluídas. Além disso, o companheiro de Maura também já prestou depoimento, assim como os filhos e testemunhas.

O caso

Maura Dubal Martins, de  46 anos na época, foi encontrada morta, na manhã de sábado (04/01/20). Além dela, estavam no imóvel, os três filhos e seu esposo, o tenente-coronel Andreos Souza, comandante do 23º Batalhão Logístico de Selva (BLog). Foi o militar quem acionou Samu para socorrer Maura, ferida com um tiro na cabeça, dentro do quarto do casal.

Incialmente a polícia acreditava que Maura teria cometido suicídio, mas alguns detalhes na cena do crime colocou em dúvida essa versão, como a região da cabeça onde o tiro acertou a vítima (na parte detrás, um pouco acima da nuca). Outra situação que deixou a Polícia Civil desconfiada foi a ausência de pólvora nas mãos de Maura.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS
Error while parsing
Error while parsing
Line 5, column 109: "cirio"
                <span class="hx-style-1 h1 dol-mais-noticias mw-wrapper dol-c-<mw:property value='isCirio ? 'cirio' : categoryInfo.name' transform='normalize-for-url,tolower'/> mw-m-b-30 dol-f-nunito-bold mw-pad-l-15">Mais em <span class="dol-f-nunito-extra-light">${isCirio ? 'Círio' : (article.categoryInfo.parentCategory.name ?? article.categoryInfo.name)}</span></span>
                                                                                                            ^