Notícias / Mundo-Notícias
QUATRO MIL MORTOS POR DIA

Covid-19: corpos boiam no rio Ganges na Índia

Alta taxa de mortalidade tem feito corpos flutuarem no rio Ganges

terça-feira, 11/05/2021, 20:41 - Atualizado em 11/05/2021, 20:40 - Autor: Com informações do UOL


Sistema de saúde do país segue sobrecarregado após descoberta de nova variante da Covid-19
Sistema de saúde do país segue sobrecarregado após descoberta de nova variante da Covid-19 | Reprodução/Redes Sociais

Após uma nova variante da Covid-19 (B.1.617.2) ter sido descoberta na Índia e se tornado motivo de “preocupação global”, o segundo país com a maior população mundial precisa lidar agora com o alto número de mortos provocados pela doença.

Sem ter condições de cremar todas vítimas da doença por falta de madeira, dezenas de corpos estão sendo encontrados flutuando pelo rio Ganges, não apenas nas zonas rurais do país, como na capital Nova Délhi.

Com o sistema de saúde do país sobrecarregado, mesmo com a ajuda de todo o mundo, as quase quatro mil mortes diárias têm forçado famílias a abandonarem os corpos dos parentes vitimados pelo vírus.

VEJA TAMBÉM:

Paralelo a isso, as autoridades investigam para entender de onde estão vindo, de fato, os cadáveres.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS