Diário Online
Notícias / Mundo-Notícias
REUNIÃO EMERGENCIAL

"Varíola de macacos": OMS alerta para risco de pandemia

Os cientistas querem evitar que o surto evolua para uma pandemia como a Covid-19, já que o vírus não se espalha tão facilmente quanto o SARS-COV-2.

sexta-feira, 20/05/2022, 16:30 - Atualizado em 20/05/2022, 17:42 - Autor: Com informações CNN

Google News

A varíola dos macacos é caracterizada por sintomas de febre, bem como uma erupção cutânea.
A varíola dos macacos é caracterizada por sintomas de febre, bem como uma erupção cutânea. | ( Reprodução )

Dezenas de casos foram registrados da "varíola dos macacos" na Europa, na América do Norte e na Austrália nos últimos dias têm gerado alerta entre cientistas e agências de saúde de todo canto do mundo. Até agora, são ao menos 100 casos relatados fora da África, em 11 países.

Agora, a Organização Mundial da Saúde (OMS) deve realizar uma reunião de emergência para discutir os casos em humanos da varíola nesta sexta-feira (20).

O comitê que se reunirá é o Grupo Consultivo Estratégico e Técnico sobre Riscos Infecciosos com Potencial de Pandemia e Epidemia (STAG-IH, na sigla em inglês), que aconselha a OMS sobre riscos de infecção que podem representar uma ameaça à saúde global. 

Identificada pela primeira vez em macacos, a doença geralmente se espalha por contato próximo e raramente se dissemina para fora da África, o que motivou a preocupação sobre essa série de casos.

No entanto, os cientistas não esperam que o surto evolua para uma pandemia como a Covid-19, já que o vírus não se espalha tão facilmente quanto o SARS-COV-2.

A varíola dos macacos é geralmente uma doença viral leve, caracterizada por sintomas de febre, bem como uma erupção cutânea.

A Alemanha descreveu este como o maior surto na Europa até o momento. Já foram confirmados casos em pelo menos cinco países – Reino Unido, Espanha, Portugal, Alemanha e Itália – bem como Estados Unidos, Canadá e Austrália.


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS