Diário Online
Notícias / Notícias Pará
ATENDIMENTO

Hospital de Campanha de Santarém recebe primeiro paciente de outro município

Em uma delicada operação logística de transporte aeromédico, Dimy Hugoson Nunes Batista, foi transferido de Almeirim para o HCS

segunda-feira, 22/02/2021, 16:23 - Atualizado em 22/02/2021, 17:23 - Autor: Agência Pará


Imagem ilustrativa da notícia: Hospital de Campanha de Santarém recebe primeiro paciente de outro município
| Marcelo Seabra/Agência Pará

Em fase gradativa de ocupação da estrutura, o recém inaugurado Hospital de Campanha de Santarém (HCS) alcançou nesta segunda-feira (22) um novo patamar de atuação ao receber o primeiro paciente transferido de outro município. Em uma delicada operação logística de transporte aeromédico, Dimy Hugoson Nunes Batista, foi transferido de Almeirim para o HCS.

O avião que trouxe Dimy Batista chegou ao Aeroporto Internacional de Santarém, Maestro Wilson Fonseca, por volta das 13 horas sendo recebido e transportado por uma equipe médica em uma ambulância de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). “Paciente está com quadro clínico estável. Veio para finalizar o tratamento. Estamos prevendo uma avaliação de possível alta em 48 horas”, explica o médico do Hospital de Campanha que recebeu o paciente,  Torquato Mesquita.

Em um mês, Governo do Pará já transferiu 202 pacientes com Covid-19 na Região Oeste do Estado. Ação tem como objetivo conter o avanço da Covid-19. Por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o Estado realizou 202 transferências de pacientes entre os dias 18 de janeiro e 21 de fevereiro. Além disso, providenciou insumos, como 500 cilindros de oxigênio e 287.751 equipamentos de proteção individual (EPIs).

Desse total de remoções, 188 ocorreram por via aérea e 14 por via fluvial. Todas foram realizadas exclusivamente pela Central de Regulação da Sespa e partiram de municípios do extremo Oeste, como Faro, Terra Santa, Oriximiná e Aveiro para o Hospital 9 de Abril na Providência de Deus, em Juruti, e para os hospitais públicos regionais do Baixo Amazonas, em Santarém, e do Tapajós, em Itaituba.

Com a proposta de funcionar como uma retaguarda para a região do Baixo Amazonas no combate à pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), o Hospital de Campanha foi inaugurado na última quinta-feira (18) e é uma parceria entre Governo do Pará e Prefeitura. A unidade está montada na Escola Estadual Maria Uchoa Martins, localizada no bairro Floresta, a 800 metros do Hospital Regional do Baixo Amazonas.

60 leitos no Hospital de Campanha 

Com 60 leitos clínicos a unidade hospitalar temporária está montada na Escola Maria Uchoa Martins, no bairro Floresta, que fica a 800 metros do Hospital Regional do Baixo Amazonas. A unidade conta com  com sete enfermarias, com cinco leitos cada; uma enfermaria com 16 leitos e uma sala de estabilização, com quatro leitos.

Mais 96 leitos no Regional 

Além dos 56 leitos clínicos e 4 de estabilização do Hospital de Campanha, em Santarém  o Governo do Pará também conta com o Hospital Regional do Baixo Amazonas no combate à pandemia com a oferta de 96 leitos exclusivos para Covid-19, sendo 71 leitos de UTI e 25 clínicos.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS