Notícias / Notícias Pará
PREVENÇÃO

Sespa abre mais 50 leitos no Hospital de Campanha do Hangar

Os leitos já estão disponíveis no sistema de regulação do Estado desde a manhã desta segunda-feira (1)

segunda-feira, 01/03/2021, 17:43 - Atualizado em 01/03/2021, 17:43 - Autor: Agência Pará


Imagem ilustrativa da notícia: Sespa abre mais 50 leitos no Hospital de Campanha do Hangar
| Reprodução/Agência Pará

Como estratégia de prevenção no enfrentamento a covid-19, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) tomou a iniciativa de abrir mais 50 leitos clínicos, no Hospital de Campanha do Hangar, em Belém. Os leitos já estão disponíveis no sistema de regulação do Estado desde a  manhã desta segunda-feira (1).

O Hospital de Campanha do Hangar já contava com 250 leitos, sendo 150 leitos clínicos e 100 UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A partir desse acréscimo de leitos, serão 300 leitos no total.

Até o momento, o Hospital já atendeu 4.213 pacientes, dos quais 258 foram transferidos, 2.825 receberam alta e 956 foram a óbito. A estrutura foi montada para atender, inicialmente, pacientes da Região Metropolitana e das regiões nordeste e Marajó Oriental, mas atualmente também atende pacientes encaminhados do Amazonas.

Castanhal 

O Governo estadual, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), entregou na sexta-feira (26) o Hospital Regional de Castanhal, local que, neste primeiro momento, fará atendimento exclusivo a pacientes acometidos pela Covid-19.

"Trata-se de uma estratégia que está sendo adotada pela Secretaria de Saúde, preventivamente, colocando mais leitos à disposição na rede. Caso haja necessidade, nós já estamos com a retaguarda toda montada para o atendimento da Covid-19. Então, isso aqui vai ser um suporte, não só para a região nordeste, mas também para Belém. Caso o hospital de campanha atinja a sua capacidade de 420 leitos, nós teremos a retaguarda aqui em Castanhal", afirma o Secretário de Saúde do Estado, Rômulo Rodovalho.

O Hospital Regional de Castanhal conta com 20 leitos de UTI e outros 30 leitos clínicos. A unidade é voltadas para o atendimento de casos do novo coronavírus. O local não fará atendimento de urgência e não será portas abertas. Atenderá apenas os que vierem encaminhados via regulação estadual.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS