Notícias / Notícias Pará
IMUNIZAÇÃO

Pará recebe 187,3 mil doses de vacinas contra a Covid-19

Ao todo, o Estado já recebeu do Ministério da Saúde 23 remessas com vacinas, desde janeiro.

terça-feira, 18/05/2021, 17:18 - Atualizado em 18/05/2021, 18:59 - Autor: Agência Pará


O Pará recebeu mais 187.300 doses da Oxford/AstraZeneca, vacina que é desenvolvida pela FioCuz.
O Pará recebeu mais 187.300 doses da Oxford/AstraZeneca, vacina que é desenvolvida pela FioCuz. | Wagner Pinheiro/Ag. Pará

O plano de vacinação contra a Covid-19 segue no Pará. Ao todo, o Estado já recebeu do Ministério da Saúde 23 remessas com vacinas desde janeiro.

Na tarde desta terça-feira (18), mais uma remessa das vacinas contra a Covid-19 chegou ao Estado. São 187.300 doses da Oxford/AstraZeneca, que é desenvolvida pela FioCuz. No total, o Pará já recebeu 2.874.520 doses, sendo 1.239.440 da CoronaVac, 1.583.600 da Oxford/AstraZeneca e 51.480 da Pfizer.

A expectativa é que a distribuição das doses que chegaram hoje seja realizada nos próximos dias para os Centros Regionais de Saúde. O envio será feito por vias terrestre, aérea e fluvial, e contará com o apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

"A equipe de logística da Sespa vai organizar o envio das doses para os municípios da Região Metropolitana e interior do Estado. A prioridade é enviar doses aos locais que precisam acelerar a vacinação nos grupos da terceira etapa do plano estadual de vacinação", explica Marcus Coura, coordenador de Logística da Sespa.

A aplicação da vacina é responsabilidade das secretarias municipais de saúde. "A Sespa está viabilizando a campanha junto aos municípios, mas nós reforçamos que a população deve continuar fazendo a sua parte sem deixar de lado os cuidados com a higienização das mãos assim como distanciamento social, uso de álcool em gel e máscara", afirma o Secretário de Estado de Saúde Pública do Pará, Rômulo Rodovalho.

"A chegada de mais remessas ao Estado é importante, pois dessa forma vamos avançando a vacinação em todo o Estado. Ressaltamos que é importante que todos fiquem atentos ao calendário de vacinação do seu município e não deixem de tomar a segunda dose, pois só assim é possível completar o ciclo da imunização", reforça o secretário.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS