Notícias / Notícias Pará
ANIVERSÁRIO

Ourém comemora 259 anos de emancipação política

A "Pérola do Guamá" representa uma parte importante da história do Pará

sábado, 29/05/2021, 11:10 - Atualizado em 29/05/2021, 11:09 - Autor: Jofrey José Gemaque


Imagem ilustrativa da notícia: Ourém comemora 259 anos de emancipação política
| Rafael Arnour

Ourém é um dos mais antigos municípios do nordeste do Pará, fundado em 1727 e emancipado em 29 de maio de 1762. O IBGE estima que a população está perto de 17.800 habitantes distribuídos em 602. 659 km².

A cidade sede é conhecida como A Pérola do Guamá, e encanta por suas belezas naturais, formadas por matas virgens e igarapés de água cristalina, e pela simplicidade e acolhimento dos ouremenses. As origens remontam do século XVII, quando um pequeno povoado, fundado por famílias açorianas foi povoado por 150 índios que ajudaram a ergue o município com grande potencial turístico ainda inexplorado.

 

| Rafael Arnour
 

Distante 181 Km. de Belém pela BR 316 e PA 124, logo na chegada está a ponte sobre o rio Caeté, chegando ao Arraial do Caeté, a maior Vila de Ourém, há cerca de 12 igarapés espalhados em todo o território, oferecendo oportunidades para o turismo e trilhas que valorizem o contato com a naturezas, todos com água cristalina filtrada pela maior jazida de seixo do Pará.

O lugar sofreu inúmeras depredações durante o conflito da Cabanagem. Em virtude de dissensões políticas, o lugar perdeu a condição de município em 1887, quando foi extinto, A restauração ocorreu somente em 1889. Em 1931, sofreu nova extinção, restabelecendo-se, porém, em 1933.

Em Ourém acontece o Festival da Canção Ouremense, o maior do Pará, com 35 edições já realizadas. Contando com o apoio do Governo do Estado e a participação dos maiores nomes da música paraense, que anualmente se deslocam para o lugar no final das férias de julho, apresentando suas composições e concorrendo aos prêmios em dinheiro e troféus personalizados oferecidos pela poder público municipal.

 

| Rafael Arnour
 

O extrativismo mineral é a maior atividade econômica de Ourém, cuja população assiste assustada à dizimação dos recursos naturais em virtude dos danos causados à vegetação nativa e a não recuperação das áreas degradadas, proporcionando sérios danos ao Meio Ambiente, sucateamento das estradas vicinais e empobrecimento do moradores das áreas rurais, que deixam as atividades agrícolas e se deslocam para a periferia da cidade sede sem oportunidades para o trabalho e a geração de renda, já que a atividade oferece pouquíssimos empregos e muitos problemas.   

Francisco Roberto Uchoa é o atual prefeito de Ourém. Ele manifesta o interesse do executivo municipal em abrir o diálogo com as empresas mineradoras buscando alternativas que minimizem os problemas causados pela exploração do seixo. Ele divulga uma mensagem na passagem do aniversário do município.

 

| Rafael Arnour
 

“Ourém faz aniversário num momento de preocupações para todo o mundo, em virtude da pandemia da Covid 19. Perdemos alguns de nossos filhos e dividimos com cada família a dor pela ausência, solidarizando-nos a todas, conscientes das dificuldades que enfrentaram. Mas, não baixaremos a cabeça e buscaremos soluções para os problemas enfrentados pela população, dando vida aos anseios de todos em um momento ímpar na história da humanidade. Levaremos longe a grandeza de Ourém, abraçando cada um de seus filhos, que lutam pelo crescimento de um lugar cheio de belezas e pessoas maravilhosas.

Feliz aniversário para Ourém e seu povo. que cada um e todos se lancem para o voo seguro em busca dos troféus que conquistaremos no futuro”

Jofrey José Gemaque - Professor, poeta e compositor.

PROGRAMAÇÃO

Em virtude do quando crescente de infectados pela pandemia da Covid 19, a programação comemorativa aos 259 anos será realizada com a participação de artistas ouremenses em lives realizadas em espaço restrito, sem a participação popular  

Confira a programação

 

|
 


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS