Diário Online
Notícias / Notícias Pará
BELO MONTE

Comunidades passam por simulação de rompimento de barragens

As atividades coordenadas pela Norte Energia têm o apoio de órgãos de proteção e da Defesa Civil

quinta-feira, 25/11/2021, 16:20 - Atualizado em 25/11/2021, 16:20 - Autor: Com informações da assessoria


Os moradores receberam orientações de acordo com o Plano de Segurança de Barragens da Usina Hidrelétrica Belo Monte
Os moradores receberam orientações de acordo com o Plano de Segurança de Barragens da Usina Hidrelétrica Belo Monte | Reprodução/Jaime Souza/Norte Energia

As barragens no Brasil, sejam de hidrelétricas ou de empresas de mineração, tiveram destaques negativos nos últimos anos com acidentes gravíssimos, como os que ocorreram em Brumadinho e Mariana, no Estado de Minas Gerais.

Devido aos riscos evidentes e a falta de comprometimento das empresas, as autoridades brasileiras ligaram o alerta e apertaram o cerco de fiscalização junto ás companhias a fim de evitar novas tragédias. As corporações também foram obrigadas a se ajustarem às novas normas e mostrar que suas estruturas não representam risco para quem morar nas proximidades.

No Pará, os moradores das comunidades ao entorno da Usina Hidrelétrica Belo Monte estão sendo submetidos a simulações de possíveis inundações ou acidentes na área que engloba o complexo hidrelétrico. 

CV ameaça de morte Remoçada e Terror Bicolor. Ouça o áudio!

Na última sexta-feira (19), a comunidade Bambu, no município de Senador José Porfírio, no sudoeste do Pará, participou do 2º Exercício Simulado em Escala Real. A atividade é prevista no Plano de Ação de Emergência (PAE) e integra o Plano de Segurança de Barragens (PSB) de Belo Monte. Além do município, outras 9 cidades também devem participar dos simulados, coordenados pela Norte Energia e que contam com o apoio dos órgãos de proteção e Defesa Civil. 

PF suspende e afasta Eguchi do cargo de delegado federal

A principal finalidade da ação é orientar a população do entorno do empreendimento sobre as ações preventivas e treinar os moradores quanto aos procedimentos de segurança. 

As ações simuladas de evacuação, que são realizadas a cada dois anos, incluem avisos de alertas por sirenes, além de orientações sobre o uso de rotas de melhor caminho para pontos estratégicos, seguros e devidamente sinalizados previamente. 

Os moradores são informados previamente e participam da ação, junto com os profissionais da empresa e da Defesa Civil, para avaliar a efetividade dos treinamentos teóricos realizados nas comunidades e testar os elementos de autoproteção implantados.

PM suspeito de matar ex-jogador do Paysandu é preso em Belém

Além de moradora, Maria Nascimento Araújo também é diretora da única escola da comunidade. Ela mobilizou funcionários e alunos da instituição para participar do simulado. “É importante para termos noção da situação que pode acontecer”, destacou.

“A Defesa Civil do Estado apoia a Norte Energia no atendimento imediato à comunidade, em avaliações de riscos geológicos e hídricos, retirando as pessoas e as colocando em locais considerados mais seguros”, explicou o técnico da Defesa Civil do Estado, Roberto Barbosa. A entidade participa de todos os simulados para treinar como agir em possíveis situações de crise.

Além dos exercícios em escala real, o Plano de Segurança de Barragens da Usina Hidrelétrica Belo Monte inclui inspeções técnicas contínuas nas estruturas do empreendimento, desenvolvidas por uma equipe especializada da Norte Energia e fiscalizadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS