Diário Online
Notícias / Notícias Pará
DOL AJUDA

Professora aposentada está desaparecida em Belém; ajude!

Lucimar Brito, de 51 anos, foi vista pela última vez em um shopping no bairro do Reduto, em Belém

sábado, 04/12/2021, 20:00 - Atualizado em 04/12/2021, 20:00 - Autor: DOL


Lucimar Brito é considerada uma pessoa tranquila e reservada
Lucimar Brito é considerada uma pessoa tranquila e reservada | Arquivo Pessoal

Uma família vive incertezas após o desaparecimento de uma renomada e conhecida professora na capital paraense nos últimos dias. Aos 51 anos e aposentada, Lucimar Brito realizava um tratamento para bipolaridade quando passou a recusar o tratamento nos últimos meses.

A decisão resultou em pequenos episódios que a deixavam alheia à realidade, uma vez que, sem a medicação, suas crises se acentuavam de tal forma que, na última quarta-feira (1º), a docente desapareceu. Moradora na travessa Quintino Bocaiúva, no bairro do Reduto, familiares relatam que Lucimar foi vista pela última vez no Shopping Boulevard.

 

Imagem de uma câmera de segurança mostra última vez em que professora foi vista
Imagem de uma câmera de segurança mostra última vez em que professora foi vista | Reprodução/Circuito Interno
 

Ao DOL, a sobrinha de Lucimar, Brendha, disse que a tia tinha o costume de ficar em casa, onde morava com outros dois familiares. "O que sabemos é que ela gostava de viajar para alguns lugares como Marajó, Salinas e outros locais próximos, mas ela não comentou nada e também não achamos nenhuma pista no celular que ela deixou em casa", diz.

Com a ajuda de câmeras de segurança instaladas em casas vizinhas, a família conseguiu registrar a última vez em que a professora foi vista, bem como mostrar a vestimenta no dia do desaparecimento: camisa de manga longa estampada, bermuda azul e sapatos brancos.

A família faz um apelo aos que virem ou tiverem notícias sobre Lucimar, que entrem em contato através de um dos números: (91) 98749-9156 ou 980294984.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS