Diário Online
Notícias / Notícias Pará
CULTURA E FÉ

Moradores de Cachoeira do Arari homenageiam São Sebastião

Devido a pandemia, a tradição não aconteceu em 2021, retornando parcialmente este ano

segunda-feira, 10/01/2022, 23:19 - Atualizado em 11/01/2022, 11:22 - Autor: Com informações de Dario Pedrosa


Cortejo da festividade de São Sebastião em Cachoeira do Arari
Cortejo da festividade de São Sebastião em Cachoeira do Arari | Paulo Cordeiro

A cidade de Cachoeira do Ararí, na ilha do Marajó, voltou a ser palco da mais importante festividade em homenagem ao Glorioso São Sebastião, no Pará. Uma manifestação cultural e religiosa tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN, como patrimônio cultural do povo brasileiro.

Devido a pandemia, a tradição foi interrompida em 2021, mas retomada parcialmente neste ano de 2022. Uma vez que a peregrinação não obedeceu a programação das visitas e apenas uma das ladainhas ocorreu, a que e realizada as vésperas da entrada da imagem do santo na cidade de Cachoeira do Ararí. Foi na fazenda Cuieiras onde a Irmandade do Glorioso São Sebastião realizou a única ladainha, na noite de domingo 09, para na tarde desta segunda-feira (10), a pequena imagem peregrina ser transportada, pela extensão da PA 154, até a entrada da cidade de Cachoeira do Ararí, onde estava sendo aguardada pelos devotos com os tradicionais mastros das crianças, homens e mulheres.

 

Moradores levam o mastro de São Sebastião
Moradores levam o mastro de São Sebastião | Paulo Cordeiro
 


Cerca de cinco mil pessoas estavam participando da cerimônia, ao som da banda de Música João Viana, do Museu do Marajó. O Pároco de Cachoeira do Ararí, Padre David, teve a responsabilidade de realizar a benção com a imagem, sem descer do carro onde estava. Os devotos receberam as bençãos e obedeceram as orientações feitas pela paróquia, para que a imagem passasse direto para a igreja matriz.

Os mastros obedeceram a tradição e foram conduzidos em cortejo até a praça na frente da cidade e lá enterrados, onde vão permanecer até o próximo dia 20 de janeiro, data de encerramento da Festividade, quando ocorre a derrubada dos três mastros a golpes de machado.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS