Diário Online
Notícias / Notícias Pará
ÁGUAS DE MARÇO

Semas alerta para fortes chuvas no Pará em março

Prepare-se para o mês mais chuvoso do ano.

sexta-feira, 04/03/2022, 10:39 - Atualizado em 04/03/2022, 11:46 - Autor: Agencia Pará

Google News

Algumas regiões do PArá deverão apresentar os maiores índices de precipitação do mês.
Algumas regiões do PArá deverão apresentar os maiores índices de precipitação do mês. | Bruno Cecim - Agência Pará

As chuvas no Pará podem ser um transtorno na vida do cidadão. Alagamentos, atrasos, engarrafamento, cheias, são algumas das situações mais presenciadas durante o período chuvoso. Com a chegada de março, é preciso se preparar para enfrentar as fortes chuvas tradicionais do mês.

As chuvas de março devem chegar com força total no Pará. Previsão meteorológica emitida nesta sexta-feira (4) pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas) informa que as regiões noroeste, sudoeste, porção central e Baixo Amazonas deverão apresentar os maiores índices de precipitação do mês, que geralmente é o mais chuvoso do ano. Já para as regiões nordeste, Ilha do Marajó e sul do Pará, a previsão é de chuvas de acordo com a média climatológica normal.

Você entende as informações que estão nas embalagens?

Exercícios físicos simples podem elevar expectativa de vida

As chuvas serão mais frequentes nas regiões nordeste, Região Metropolitana de Belém (RMB), Marajó, porção norte do sudeste e parte centro-oeste da Calha Norte, exibindo acumulados entre 400 mm/mês a 500 mm/mês. Os demais municípios das regiões sudeste, sudoeste, baixo Amazonas e parte da Calha Norte indicam totais mensais variando entre 250 e 400 mm/mês. Vale destacar que a faixa de 400/500 mm/mês é alta para a região do Baixo Amazonas, mas fica dentro da média climatológica das regiões Nordeste e Ilha do Marajó.

Fenômeno climático

Uma atividade moderada da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) está prevista para a porção oeste, o que deverá aumentar as chuvas em municípios das regiões sudoeste, do Baixo Amazonas e da Calha Norte, com indicativo de precipitação acima da média. Nas regiões em que os maiores volumes de chuva devem se concentrar, na faixa norte e parte sudoeste do Pará, os acumulados deverão variar entre 350 mm e 500 mm/mês. Em contrapartida, uma pequena porção do extremo nordeste apresentará chuvas abaixo da normal, com valores entre 300 mm a 350 mm no mês de março.

Apesar da boa frequência de chuvas ocorrida em janeiro e fevereiro - ambos os meses tiveram mais de 23 dias cada um - essas chuvas têm acontecido principalmente em formas de pancadas rápidas e passageiras. Além do mais, foram registrados apenas dois eventos de chuvas volumosas (acima de 40 mm) na estação de Belém nesses dois meses. De acordo com as análises, algumas interações de sistemas frontais vindas do Hemisfério Norte contribuíram de forma a atenuar a atividade da ZCIT, principal produtor de chuvas em grande quantidade na faixa norte do Estado. Porém, há indicativos que esse sistema meteorológico possa se reorganizar e causar chuvas dentro da média climatológica para março", afirma Saulo Carvalho, coordenador do Núcleo de Monitoramento Hidrometeorológico.

Morre o professor de Biologia Paulo Melém

Contratação de mulheres no trabalho formal está em alta

A Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) é um dos mais importantes sistemas meteorológicos que atuam na região tropical do planeta, fazendo parte da circulação geral da atmosfera. Essa circulação transfere calor e umidade das águas oceânicas dos níveis inferiores da atmosfera das regiões tropicais para os níveis superiores da troposfera e para médias e altas latitudes, atuando na manutenção do balanço térmico global. Na região norte do Brasil, é o principal sistema gerador de precipitação. O pico de chuvas observado nos meses de março e abril ocorre exatamente na época em que a ZCIT apresenta a sua maior proximidade com a região, quando atinge as posições mais ao sul de sua área de atuação.

 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS