Diário Online
Notícias / Notícias Pará
DECISÃO DO STF

Professor do Marista acusado de abuso tem liberdade negada

Adalberto Siqueira Sanches Júnior foi preso em agosto de 2021, acusado de estupro. As vítimas tinham entre 08 e 12 anos de idade.

terça-feira, 08/03/2022, 15:30 - Atualizado em 08/03/2022, 15:40 - Autor: Diário Online

Google News

Adalberto Siqueira Sanches Júnior era professor do Colégio Marista, um dos mais tradicionais de Belém.
Adalberto Siqueira Sanches Júnior era professor do Colégio Marista, um dos mais tradicionais de Belém. | Arquivo Pessoal

Adalberto Siqueira Sanches Júnior, ex-professor do colégio Marista Nazaré, um dos mais tradicionais de Belém, foi preso pelo crime de estupro de vulnerável, em agosto de 2021. Na época, a Polícia Civil informou que as vítimas tinham entre 08 e 12 anos de idade. 

Durante a ação policial, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, com apreensão de computador, celular e mídias que foram encaminhadas para a perícia técnica. 

Após o caso se tornar público, muitas mulheres que foram alunas do Sansei afirmaram que também já tinham sido vítimas.

LEIA MAIS!

Professor do Colégio Nazaré é preso por estupro de crianças

Vítimas denunciam abusos de professor preso: “nojento”

No último dia 24 de fevereiro, o Supremo Tribunal Federal (STF) negou um pedido de Habeas Corpus para Adalberto Siqueira Sanches Júnior. A decisão foi proferida pelo ministro do STF, Gilmar Mendes. 

Nesta terça-feira (08), o processo foi transitado e julgado, ou seja, não cabe mais recurso para a negação de pedido de habeas corpus. A solicitação havia sido feita pelo advogado criminalista Brenno Morais Miranda, que acompanha o caso. 

Através de nota, o advogado criminalista Brenno Miranda informou que "nesse momento a defesa prefere não se manifestar sobre a decisão do STF, porém segue confiante que todos os fatos injustamente alegados contra nosso constituinte serão esclarecidos no juízo criminal competente".

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS