Diário Online
Notícias / Notícias Pará
MERCADO

Estado investe R$ 53 milhões em qualificação profissional

O Programa Qualifica Pará vai levar, aos 144 municípios, cursos e investimentos para geração de empregos, renda e empreendedorismo.

quinta-feira, 17/03/2022, 09:30 - Atualizado em 17/03/2022, 09:30 - Autor: Diário do Pará

Google News

O governador Helder Barbalho durante o lançamento do programa que prevê, ainda, a oferta de microcrédito como apoio para a compra de equipamentos e estruturação de negócios.
O governador Helder Barbalho durante o lançamento do programa que prevê, ainda, a oferta de microcrédito como apoio para a compra de equipamentos e estruturação de negócios. | Pedro Guerreiro / Ag. Pará

Determinado a reduzir as taxas de desemprego e da informalidade no mercado de trabalho, o governo do Estado lançou, ontem (16), o “Qualifica Pará”, o maior programa de qualificação profissional do Estado.

São 45 cursos de qualificação profissional que estarão à disposição dos 144 municípios paraenses. Um investimento de R$ 53 milhões, que além da oportunizar novas habilidades para o mercado, prevê a oferta de microcrédito como apoio para a compra de equipamentos e estruturação de negócios aos profissionais.

Códigos para informar patrimônio mudam na declaração do IR 

Quem teve Covid-19 pode doar sangue? Hemopa explica! 

“É fundamental que nós possamos aprimorar a mão de obra, qualificar a nossa juventude para o mercado de trabalho que está cada vez mais competitivo”, destacou o governador, Helder Barbalho, no ato de lançamento do Programa.

O governador enfatizou que Qualifica Pará foi idealizado para assegurar a inserção e a reinserção de pessoas no mercado de trabalho. “Esse é o enfoque central do Qualifica Pará: poder fazer com que 29 mil pessoas sejam qualificadas, aprimorando de acordo com a sua expectativa de emprego e vocação profissional”, frisou.

FOMENTO

O chefe do poder Executivo estadual falou ainda sobre o incentivo com a oferta do microcrédito no valor de R$ 500 a R$ 5 mil reais, que será gerenciado pelo Banco do Estado do Pará (Banpará). “Além da oferta de cursos, também estamos oportunizando microcrédito para a qualificação resultar também na abertura de empreendimento próprio, oportunidade de renda com o talento de cada um, para sustentar a si e sua família além de ajudar a desenvolver o estado do Pará”, acrescentou o governador.

As áreas de destaque do Programa Qualifica Pará são as de serviço e comércio, com cursos de manutenção de celular, auxiliar de pedreiro, mecânico de moto, cuidador de idosos, assistente administrativo, pintor de obras, entre outros, na área de estética e culinária.

Oportunidade para aprender mais e se profissionalizar

Para Edvaldo Aquino, morador de Bujaru que realizou o curso de culinária durante uma turma de formação embrionária do Programa, poder contar com este aprimoramento foi muito importante. “Neste curso eu aprendi técnicas diferentes e isso é muito gratificante”, observou o trabalhador.

Edvaldo Aquino contou que há 12 anos trabalha no ramo de vendas de comidas típicas paraenses, como a maniçoba, tucupi, pimenta regional. “Vi no curso um leque de aprendizado. Eu precisava aprender um pouco mais e a profissionalizar o meu trabalho. Com essa qualificação vai melhorar muito a minha questão financeira, e fora que vai circular também mais dinheiro no município, melhorando também para o meu vizinho e para todo mundo. Eu trabalho com a macaxeira, com o tucupi que é retirado da mandioca, com o jambu e tudo que se planta no município a gente colhe para fazer um prato. Isso é uma valorização também dos ingredientes locais”, comemorou Edvaldo Aquino.

POTENCIALIZAÇÃO

De acordo com Inocêncio Gasparim, titular da Secretaria de Estado de Assistência, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), pasta responsável pela condução do Programa Qualifica Pará, a população paraense conta a partir de agora com uma importante ação de potencialização do empreendedorismo local.

“Dentre as dezenas de ações do Governo do Estado, é uma forma de reinserção no mercado de trabalho ou em atividades de empreendedorismo. Conseguimos estruturar um dos maiores programas de qualificação da história do Pará. Com a qualificação e a linha de microcrédito, o investimento chega aos 144 municípios, de acordo com a vocação econômica de cada região”, destacou o titular da Seaster.

PARA ENTENDER

- MICROCRÉDITO

Os valores referentes ao microcrédito serão gerenciados pelo Banco do Estado do Pará (Banpará). Somente na região Guajará serão abertas 239 turmas, com mais de 4 mil educandos qualificados com valor de investimento em R$ 9.080.279,31.

“O objetivo é viabilizar o desenvolvimento das atividades as quais eles receberam treinamento. Para isso, depois de receber o diploma, eles podem se dirigir a qualquer agência do Banpará que estará apta para atendê-los. O valor varia de acordo com a necessidade e ramo da atividade”, comentou Ruth Pimentel Méllo, presidente da instituição financeira.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS