Diário Online
Notícias / Notícias Pará
REFERÊNCIA

Autorizadas obras da Unidade de Doenças Infecciosas em Belém

Serão promovidas melhorias em todas as áreas do prédio da unidade, que será totalmente reconstruída.

segunda-feira, 21/03/2022, 17:33 - Atualizado em 21/03/2022, 17:32 - Autor: Agência Pará

Google News

O prédio onde funciona atualmente a Uredipe.
O prédio onde funciona atualmente a Uredipe. | Marco Santos/Ag. Pará

A Unidade de Referência Especializada em Doenças Infecciosas (Uredipe) é uma unidade de referência no tratamento de pacientes acometidos de doenças como HIV/AIDS, sífilis e hepatite. Com uma equipe multidisciplinar, a unidade atende a população em diferentes etapas da triagem e tratamento, iniciando com a testagem da suspeita das patologias, passando por consultas clínicas com médicos de diferentes especialidades como infectologia, ginecologia e dermatologia e outros profissionais de saúde como odontólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas, com o objetivo de melhorar a condição de vida e integração social dos usuários do Sistema Único de Saúde que buscam ou são encaminhados para a Uredipe.

Colírio a maquiagem: 10 hábitos que prejudicam a visão

Vídeo: supervisora da Sonho dos Pés alega defeito em sapatos 

O governador Helder Barbalho esteve, na manhã desta segunda-feira (21), na Uredipe, localizada no bairro do Telégrafo, em Belém, para assinar a ordem de serviço que marcará o início de reconstrução na unidade.

Realizada através da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), a obra está orçada em R$ 2,2 milhões, visando melhorar o atendimento laboratorial, farmacêutico, das consultas médicas e conforto dos pacientes e acompanhantes de todo o Estado.

Este será o maior projeto de reconstrução da história do prédio onde funciona a Uredipe, que completa 35 anos em 2022. Serão promovidas melhorias em todas as áreas, com reparo na estrutura do telhado, troca de esquadrias das janelas e portas, pinturas em todos os ambientes, pintura e demarcação do estacionamento, troca de forro, revisão hidráulica, troca de todas as louças sanitárias, inclusive para portadores de necessidades especiais, além de substituição de toda a fiação elétrica, tomadas e lâmpadas.

 

O governador andou por todos os espaços da Uredipe.
O governador andou por todos os espaços da Uredipe. | Marco Santos/Ag. Pará
 

Cláudio, Levy, diretor da Uredipe, celebrou o início das obras. “Essa reconstrução completa na unidade vem em um momento muito oportuno porque durante muito tempo só conseguíamos fazer pequenos reparos. Fico muito honrado em fazer parte desse processo que vai trazer tranquilidade e conforto para nossos 170 servidores e mais de 6.700 pacientes que atendemos atualmente”, declarou.

Antes de assinar a ordem de serviço, o governador Helder Barbalho percorreu todo o prédio para conhecer as áreas que serão readequadas. Em pronunciamento aos servidores e usuários presentes no evento, salientou a felicidade em promover as melhorias. “Esta obra é para todos vocês que abrem as portas da unidade todos os dias para receber quem precisa de atendimento e para todos que recorrem a nós para ter uma vida com qualidade. Nada é mais importante que dar todas as condições de proporcionar um tratamento digno e humano. Esse é um local de pessoas que precisam de um olhar muito especial e delicado, por isso nossa decisão em reconstruir este espaço”, declarou.

Amélia Garcia, usuária há 29 anos dos serviços médicos, fonoaudiólogos e farmacêuticos da unidade e líder do movimento “Cidadãs Positivas” também celebrou o aprimoramento das condições de atendimento da Uredipe. “Como paciente, fico muito feliz de ver que a unidade vai melhorar o nível de atenção a nós. O bom funcionamento das instalações ajuda também no sigilo dos usuários, já que muitos não buscam tratamento em seus municípios pelo preconceito que existe com quem convive com essas patologias, mas sabem que aqui na capital tem um lugar que vai recebê-los com o cuidado necessário”, salientou.

O secretário de Saúde de Estado, Rômulo Rodovalho, reafirmou o compromisso do governo com as reconstruções de unidades de referência da capital. “Temos a missão de entregar todas estas unidades completamente readequadas, com uma nova vida para nossos colaboradores e usuários. Hoje celebramos o início das obras da segunda unidade e vamos, continuamente, viabilizando novos projetos para todo o Estado”.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS