Diário Online
Notícias / Notícias Pará
VAI BATER O MARTELO

Edmilson decide sexta (25) sobre aumento da passagem

Manifesto acontece após sugestão formalizada pelo Conselho Municipal do Transporte que define a passagem para R$5

quinta-feira, 24/03/2022, 22:41 - Atualizado em 24/03/2022, 22:41 - Autor: DOL

Google News

Aumento da passagem de ônibus se tornou motivo de protesto em Belém
Aumento da passagem de ônibus se tornou motivo de protesto em Belém | Alex Ribeiro/Agência Pará

A discussão sobre o aumento da passagem em Belém se tornou um dos assuntos mais desagradáveis e recentemente discutidos entre a população que, em breve, irá se preocupar em separar na carteira bem mais que o habitual para enfrentar diariamente a mesma frota sucateada que, por vezes, circula sob condições preocupantes, ameaçando a integridade de passageiros e funcionários.

+ Alunos fecham Almirante Barroso contra aumento da passagem

A insatisfação é expressiva e a revolta se torna a gota d’água, a exemplo da manifestação de estudantes na tarde de hoje (24) contra a possibilidade do aumento da passagem de ônibus para R$5,01, que terminou em confusão e ataques da Guarda Municipal com spray de pimenta. A sugestão do aumento foi aprovada pelo Conselho Municipal de Transporte (CMT) depois de acatar a proposta da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob).

Reajuste acima da inflação

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a proposta da tarifa de R$5,01 para a passagem de ônibus na capital, aprovada pela maioria no CMT, consiste em um reajuste aproximado de 39,40%. “A proposta aprovada pelo Conselho ficou bem superior à inflação calculada desde o último reajuste da tarifa em maio de 2019 (cerca de 23%)”, pontuou o Departamento.

Decisão em breve

A expectativa é crescente para que, nas próximas horas, esse valor não seja acatado pela atual gestão da capital. O reajuste seguiu para a homologação do Prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues (PSOL), que adiantou, por meio de publicação nas redes sociais, que pretende bater o martelo nesta sexta-feira (25).

“Amanhã me manifestarei sobre a questão das tarifas de ônibus. E vou levar em consideração para minha decisão os elementos técnicos apresentados pelo Conselho, mas acima de tudo, as condições socioeconômicas da população usuária do transporte coletivo. E para a correta informação à população é importante dizer que ainda não recebi formalmente a posição do Conselho Municipal de Transporte, o que deve ocorrer até ao final do dia de hoje. E isso é necessário para que eu possa me manifestar”, diz a publicação.

Confira:

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS