Diário Online
Notícias / Notícias Pará
GUARDIÕES DO BIOMA

PF realiza operação de combate ao desmatamento em Altamira

Ação conjunta com Ibama e Ministério Público do Trabalho apreendeu equipamentos utilizados na prática de crimes ambientais.

quinta-feira, 12/05/2022, 11:51 - Atualizado em 12/05/2022, 11:49 - Autor: Sales Coimbra, com informações DPF-ATM/PA

Google News

Operação Guardiões do Bioma apreendeu equipamentos e madeira ilegal, além de uma arma de fogo, na região de Altamira.
Operação Guardiões do Bioma apreendeu equipamentos e madeira ilegal, além de uma arma de fogo, na região de Altamira. | Foto Divulgação/ DPF-ATM/PA

A Delegacia da Polícia Federal de Altamira realizou, entre segunda-feira (9) e quarta-feira (11), uma série de fiscalizações como parte da operação Guardiões do Bioma. As ações, que contaram com a participação do IBAMA, Ministério Público do Trabalho e Força Nacional, tiveram como principal objetivo combater a prática de crimes ambientais nos municípios que integram a circunscrição de Altamira, região sudoeste do Pará.

LEIA TAMBÉM:

PF fecha garimpos ilegais em terra indígena Kayapó, no Pará

PF faz operação contra garimpo que turvou águas de Alter

As diligências, que foram direcionadas especialmente para as áreas consideradas críticas em termos de desmatamento, resultaram na apreensão de diversos equipamentos utilizados nos ilícitos, entre os quais estão: dois caminhões, um trator, 09,9 m3 de madeira, 900 litros de óleo diesel, um Rádio via satélite de uso proibido e uma arma de fogo (rifle).

Além dos Autos de Infração ambiental e Termo de Embargo pelo IBAMA lavrados durante as operações desta semana, também foram identificados 16 trabalhadores que foram contratados sem a observância dos seus direitos trabalhistas. Entre eles, havia ainda um menor de 18 anos trabalhando em uma atividade proibida. O adolescente receberá atenção especial por parte das autoridades.

De acordo com o comunicado da Policia Federal de Altamira, os prováveis responsáveis pelos ilícitos constatados durante as diligências já foram intimados a comparecer na Delegacia de Polícia Federal em Altamira para serem ouvidos pela Autoridade Policial, pelo Procurador do Trabalho e pelos Auditores Fiscais do Trabalho e, conforme o caso, as diligências podem resultar em assinaturas de Termos de Ajuste de Conduta, ajuizamento de Ações Civis Públicas e lavratura de Autos de Infração, sem prejuízo do que se concluir no Inquérito Policial. 

Assista ao vídeo:

  



Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS