Diário Online
Notícias / Notícias Pará
SAINDO DE CASA

Major da PM sofre atentado a tiros em Barcarena

No momento, a Polícia Militar fecha o cerco para tentar capturar os autores do ataque. Suspeitos estavam em uma moto.

sexta-feira, 13/05/2022, 15:38 - Atualizado em 13/05/2022, 15:41 - Autor: Sales Coimbra, com Informações Wesley Costa/RBATV

Google News

Após sofrer atentado, Major Brito Júnior segue internado em um hospital privado de Belém.
Após sofrer atentado, Major Brito Júnior segue internado em um hospital privado de Belém. | (Foto: Reprodução da Internet)

Um oficial da Polícia Militar, lotado no 31º Batalhão de Polícia Militar, em Abaetetuba, foi alvejado por dois disparos de arma de fogo enquanto saía da residência em que mora, na Vila dos Cabanos, em Barcarena, nordeste do Pará.

Apesar de ter sido atingido no tórax e na região logo acima da cintura, o major PM Brito Júnior não corre risco de morrer. As informações preliminares são de que nenhum dos projéteis atingiu órgão vital. No momento, ele encontra-se internado em um hospital particular de Belém, passando por exames complementares com o objetivo de descartar definitivamente qualquer perigo.

LEIA TAMBÉM:

Vídeo: PF realiza apreensão por crimes de pedofilia em Belém 

Segup deflagra operação em combate à criminalidade na RMB

De acordo com o tenente-coronel Maurício Silva, comandante do 14º BPM de Barcarena, o ataque ocorreu no momento em que o major saía de casa para ir ao trabalho, quando dois homens em uma moto dispararam várias vezes contra o veículo conduzido por ele.

“O major Brito Júnior estava saindo de sua residência com destino ao seu local de trabalho, em Abaetetuba, e havia percorrido menos de 30 metros quando dois elementos em uma moto o abordaram e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra o seu veículo. O mesmo conseguiu se evadir do local e, em seguida, solicitar apoio ao nosso batalhão”, relatou o comandante do 14º BPM, que também deu detalhes sobre os primeiros socorros ao colega de corporação.

“Nós fomos ao seu encontro e, imediatamente, o encaminhamos à UPA de Barcarena, onde ele recebeu atendimento de emergência. Posteriormente o trouxemos para Belém, para uma unidade mais especializada na qual ele pudesse receber um tratamento mais especializado, com mais recursos”, explicou.

Após o fato, uma forte operação foi implementada no bairro em que a tentativa de homicídio ocorreu, com o objetivo de identificar e capturar os autores do atentado.

“Já fechamos todas as saídas do bairro onde o crime ocorreu e estamos fechando o cerco. Já temos nomes e estamos checando algumas informações. Temos certeza de que vamos obter êxito nessa missão”, declarou o tenente-coronel Maurício.

Até o momento, não se sabe se o major atacado já havia recebido ameaças anteriormente. Qualquer informação que possa levar ao esclarecimento dos fatos pode ser compartilhada por meio do Disque Denúncia, telefone 181. A ligação é gratuita e o anonimato é garantido.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS