Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
ALIMENTAÇÃO

Preço do açaí já subiu 54% e supera inflação deste ano

Valor do tipo médio também aumentou mais de 13% no mês de abril em relação a março, chegando a custar R$ 22 nas feiras e 30 em supermercados

sábado, 28/05/2022, 07:21 - Atualizado em 28/05/2022, 07:19 - Autor: Redação

Google News

Com preços nas alturas, tradicional produto está ficando longe da mesa de muitos paraenses
Com preços nas alturas, tradicional produto está ficando longe da mesa de muitos paraenses | Irene Almeida / Diário do Pará

Pelo quarto mês consecutivo o preço do litro do açaí voltou a ficar mais caro. Com esta nova alta, o preço do litro de açaí do tipo médio ficou 13,18% mais caro em abril em relação ao mês de março. Somente nos quatro primeiros meses deste ano (janeiro-abril/2022) o reajuste acumulado no preço do produto foi superior à inflação, alcançando quase 54,00%. Esta constatação foi feita pelo Dieese/PA em suas pesquisas semanais envolvendo feiras livres, supermercados e outros pontos de vendas espalhados pela cidade.

Ainda segundo esse levantamento, nos últimos 12 meses o preço do litro do açaí do tipo médio apresentou a seguinte trajetória: em abril/2021 foi vendido em média a R$ 22,80 e chegou a dezembro/2021 sendo comercializado em média a R$ 18,65. No início deste ano (janeiro) foi comercializado em média a R$ 22,04; em março custava em média a R$ 25,33 e no mês passado voltou a ficar mais caro, sendo comercializado em média a R$ 28,66.

E MAIS:

Preços de produtos juninos sofrem com a inflação

Aneel: grupo cobra explicações por aumentos na conta de luz

Em relação aos quatro primeiros meses deste ano, o reajuste acumulado no preço do produto alcançou quase 54,00% contra uma inflação calculada em 4,49% para o mesmo período. Já nos últimos 12 meses, o reajuste acumulado foi de quase 26,00%, percentual também maior que a inflação de 12,43% (INPC/IBGE) calculada para o mesmo período.

DIFERENÇAS

De acordo com o Dieese/PA, existem diferenças de preços entre as várias feiras e pontos de vendas espalhados pela cidade, bem como também entre os supermercados que comercializam o produto. Na última semana do mês de abril/2022, o litro do açaí do médio foi encontrado pelo Dieese/PA com os seguintes preços: nas feiras livres o menor preço encontrado foi de R$ 14,00 e o maior R$ 22,00; e nos supermercados o produto foi encontrado com preços em torno de R$ 30,00.

Preço do açaí grosso também dispara

Ainda de acordo com as pesquisas do Dieese/PA, o açaí do tipo grosso também ficou mais caro. Nos últimos 12 meses, por exemplo, o produto apresentou a seguinte trajetória: em abril/2021, o litro foi comercializado em média a R$ 32,69 e encerrou o ano passado (dezembro/2021) custando em média R$ 28,60.

No início deste ano (janeiro/2022) foi comercializado em média a R$ 31,29; em março/2022 subiu em média para R$ 37,61 e no mês passado, com nova alta, foi comercializado em média a R$ 42,55.

Com isso, o litro do açaí do tipo grosso ficou 13,13% mais caro no mês de abril/2022 em relação a março/2022. No balanço dos quatro primeiros meses deste ano (janeiro-abril/2022) o reajuste acumulado no preço do produto foi de quase 49,00% contra uma inflação calculada em 4,49% (INPC/IBGE) para o mesmo período. Já nos últimos 12 meses, a alta acumulada alcançou 30,18% contra uma inflação calculada em 12,47% (INPC/IBGE).

Jader apoia projeto da Embrapa de manejo de açaí no Marajó

As pesquisas do Dieese/PA mostram ainda que o preço do litro do açaí do tipo grosso foi encontrado, na última semana do mês de abril/2022, com os preços variando entre R$ 28,00 a R$ 30,00 nas feiras livres, e nos supermercados custando em torno de R$ 45,00.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS