plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 25°
cotação atual R$


home
ILHA DO MARAJÓ

Jovem escapa do "Tribunal do Crime" em operação no Pará

O adolescente de 14 anos teria sido sequestrado por dois indivíduos que estavam em uma moto. O caso aconteceu em Portel, na Ilha do Marajó

Imagem ilustrativa da notícia Jovem escapa do "Tribunal do Crime" em operação no Pará camera O jovem de apenas 14 anos teria sido torturado pelos suspeitos | Reprodução

O "tribunal do crime”, como são conhecidas as punições realizadas por grupos de criminosos, foi instituído no início dos anos 2000 por Marcos Herbas William Camacho, o Marcola, apontado como líder máximo do PCC. A criação ocorreu quando ele criou o setor de “disciplinas” dentro da facção. A partir daí, as outras facções, como o Comando Vermelho (CV), utilizam as práticas como forma de a "justiça" da criminalidade, vivendo em uma realidade alternativa em comparação à Constituição do Brasil.

Na noite da última terça-feira (29), durante a Operação "Polícia Mais Forte", realizada pelo Comando de Policiamento Regional (CPR XII) do Marajó Ocidental, houve um acionamento após denúncias dos pais de um adolescente de 14 anos. Eles alegaram que o jovem teria sido sequestrado por indivíduos supostamente ligados a uma facção criminosa, com a finalidade de ser submetido ao chamado "tribunal do crime". Essa situação ocorreu após o menor ter sido acusado de roubar um botijão de gás no bairro da Portelinha, localizado em Portel, na Ilha do Marajó.

Mãos do adolescente após a tortura
📷 Mãos do adolescente após a tortura |Reprodução

A busca pelo adolescente começou imediatamente, mobilizando diversas equipes policiais, culminando em um confronto armado na estrada que liga Portel a Tucuruí.

Conteúdo relacionado:

Dois presos

Os suspeitos, ao serem abordados pelas forças de segurança, reagiram atirando contra os agentes policiais, portando cada um uma arma de fogo. Após perseguição, eles abandonaram a motocicleta em que estavam, e um deles buscou refúgio em uma casa, na rua Presidente Vargas. As autoridades adentraram o local e efetuaram a prisão de um suspeito identificado Edinaldo Paiva Trindade, que estava dentro de um dos quartos em posse de uma arma calibre 24, de fabricação caseira, e um moletom usado no crime. Ele não estava acompanhado com os dois na motocicleta, mas as investigações apontam o homem como cúmplice.

Moto usada no crime
📷 Moto usada no crime |Reprodução

Já Ismael Santana Jardim, esse sim, acusado de torturar o jovem, foi encontrado na rua Silvano Soares da Costa, endereço informado pelos pais da vítima.

Resgate do jovem

Em paralelo, outra parte da PM se deslocou, por volta das 2h desta quarta-feira (29), para localizar o adolescente, que ocorreu nas proximidades da estrada entre Portel e Tucuruí. O jovem relatou ter sido vítima de tortura pelos sequestradores antes de ser abandonado no local. Um dos indivíduos, supostamente associado a uma facção criminosa, foi identificado como "Danilo".

Quer saber mais notícias do Pará? Acesse o nosso canal no WhatsApp

Tortura

Em um vídeo registrado pelos policiais, a vítima exibiu as marcas dos ferimentos. Ele revelou ter sido agredido com um pedaço de pau nas mãos, costas e braços.

As investigações prosseguem para capturar o indivíduo conhecido como "Danilo", identificado tanto pela vítima quanto pelos pais.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Notícias Pará

Leia mais notícias de Notícias Pará. Clique aqui!

Últimas Notícias