plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 26°
cotação atual R$


home
MEIO AMBIENTE

Justiça manda proibir garrafas de vidro em praias de Salinas

Objetivo é reduzir a quantidade de lixo nas praias do município de Salinópolis-PA

Imagem ilustrativa da notícia Justiça manda proibir garrafas de vidro em praias de Salinas camera Trabalho é para prevenir o meio ambiente e evitar acidentes | Renata Costa/Ascom Polícia Militar

Após uma Ação Civil Pública da Defensoria Pública do Estado do Pará, em defesa do meio ambiente, o Tribunal de Justiça do Pará (TJ-PA), por meio do juiz Koury, titular da Vara única do município, determinou que a Prefeitura Municipal de Salinópolis elabore, no prazo máximo de 15 dias, um decreto para proibir a permanência ou circulação de garrafas de vidro na faixa de areia de todas as praias do município.

De acordo com a defensora pública Jacqueline Loureiro, responsável pela ação, o documento foi elaborado a partir das iniciativas realizadas pela Defensoria do Pará em Salinópolis ao longo do ano de 2023, com o objetivo de reduzir a quantidade de lixo nas praias do município.

Conteúdo Relacionado:

“Eu tenho inúmeros relatos e fotos, tanto de crimes ambientais diretos contra a vida marinha, quanto no caso dos turistas e munícipes, em que temos exemplos de pessoas que já se cortaram com vidro ou tiveram pneus furados”, destaca Jacqueline.

Quer mais notícias do Pará? Acesse nosso grupo de WhatsApp

A defensora cita, ainda, que “a própria ação tem inúmeros motivos para justificar essa atitude. Primeiro que nós tentamos trabalhar a educação ambiental nas praias, mas infelizmente não foi suficiente. Então, por hora, não vejo outra saída senão penalizar para promover a mudança de hábitos e dessa “cultura” de lixo nas praias”, conclui.

Ao longo do mês de julho deste ano, a Defensoria Pública do Pará desenvolveu uma série de atividades em Salinópolis, que é um dos destinos mais procurados pelos veranistas no período das férias, a fim de alertar e educar sobre os perigos do descarte irregular nas praias.

Dentre as iniciativas estão a Ecocaminhada e o “1° Ciclo de Palestras sobre Cidadania Ambiental: Defensoria por praias limpas”. Além disso, pela primeira vez a Defensoria paraense contou com espaço próprio na Praia do Atalaia, a Barraca da Ecocidania.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Notícias Pará

Leia mais notícias de Notícias Pará. Clique aqui!

Últimas Notícias