plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 36°
cotação atual R$


home
JUSTIÇA

Envolvido na morte de bombeiro militar é preso em Ananindeua 

Polícia Civil continua com as investigações para a prisão dos demais envolvidos no crime ocorrido em dezembro do ano passado

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Envolvido na morte de bombeiro militar é preso em Ananindeua  camera A perseguição que levou à captura de um fugitivo em Belém! | ( Divulgação

Segundo o Código Penal brasileiro previsto no artigo 121, o homem que comete o crime de homicídio considerado simples, tem pena de reclusão de 6 a 20 anos, já para homicídio qualificado a pena varia de 12 a 30 anos. A diferença entre homicídio simples e qualificado está na gravidade do crime.

Na noite da última terça-feira (9), a Polícia Militar apresentou na Seccional Urbana de Ananindeua, na Grande Belém, um homem investigado pelo crime de duplo homicídio, ocorrido no Conjunto Abelardo Conduru, em Ananindeua, que vitimou um bombeiro militar e um advogado. O suspeito tinha mandado de prisão preventiva contra ele.

RELACIONADAS:


quote icon

Este já é o segundo preso desse crime que a Polícia Civil capturou, o primeiro foi em abril deste ano e nossas equipes da DHAP continuam as investigações para a conclusão do inquérito

disse o delegado-geral, Walter Resende,
quote icon

O crime é investigado pela Delegacia de Homicídios de Agentes Públicos (DHAP), e aconteceu no dia 19 de dezembro de 2023, quando as vítimas conversavam na calçada com outras pessoas do bairro, e foram alvos de disparos de armas de fogo. As investigações apontam a participação de quatro homens que desceram de um veículo da cor prata.

Quer ler mais notícias do Pará? Acesse o nosso canal no WhatsApp!

“Conforme relato da guarnição policial, ao passar pela avenida das Américas, esquina com alameda Guatemala, o preso, ao avistar a viatura policial, empreendeu fuga, o que causou estranheza nos policiais, que logo conseguiram realizar sua captura e verificar o mandado de prisão”, explicou o delegado Allan Cavalcante, titular da DHAP.

Após os procedimentos, o preso foi submetido a exame de corpo de delito e encaminhado ao Sistema Penitenciário, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

A Polícia Civil continua as investigações e as buscas para a prisão dos demais envolvidos no crime.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Notícias Pará

    Leia mais notícias de Notícias Pará. Clique aqui!

    Últimas Notícias