Diário Online
Notícias / Notícias Pará
Notícias Pará

Moradores seguem sofrendo com fumaça de incêndio

terça-feira, 11/11/2014, 09:11 - Atualizado em 11/11/2014, 12:20 - Autor:


Há quase uma semana moradores do bairro do Tapanã, em Belém, sofrem com um incêndio em um lixão localizado na rua Presidente Castelo Branco, próximo ao final da linha dos ônibus Pratinha-Presidente Vargas.


Segundo os moradores, as chamas começaram na última quinta-feira (06). Não se sabe ainda ao certo que motivou o início do fogo. A principal suspeita é ter sido provocado por alguém na tentativa de diminuir o acúmulo de lixo na área.


O lixão toma conta de uma grande área no bairro, o que provoca a dificuldade no controle dos focos de incêndio. Foto: Cezar Magalhães/DOL


Na manhã desta terça-feira (11), equipes dos Bombeiros foram ao local para novamente tentar acabar com os focos de incêndio. A situação já estaria parcialmente controlada. No entanto, por conta de muito entulho na área, em especial madeira e plástico, o fogo se alastrou nos últimos dias, provocando bastante fumaça.


 


Como a maioria das casas da área são de madeira, moradores temem que o fogo atinja as residências. Foto: Cezar Magalhães/DOL


Os moradores seguem expostos a fumaça. Cristiane da Silva, 36 anos, está rouca e com muita tosse devido a inalação da fumaça. Seu filho, de 1 ano e 2 meses, já foi levado algumas vezes ao Pronto Socorro para ser atendido e fazer aerosol.


Outras moradores tiveram que passar alguns dias na casa de amigos ou familiares, como Marinéia Lima, 44 anos. “A situação está precária aqui. Como a área tem muita criança, muitas estão passando mal, com muita tosse e irritação na garganta. É preciso uma escavadeira para remover esse entulho e os focos do incêndio”, desabafou.



Segundo os moradores, é a terceira vez que os Bombeiros vão ao local tentar encerrar o incêndio. A situação está parcialmente controlada. Foto: Cezar Magalhães. 


De acordo com Maria do Rosário, da Defesa Civil Municipal, os bombeiros já conseguiram controlar boa parte dos focos. Apesar disso, não há previsão de conclusão da ação na área. Com o fogo e fumaça controlados, haverá ainda o tempo de monitoramento no trecho ao longo de dois dias, para evitar que algum novo foco surja e se alastre novamente.


Em nota, a Prefeitura Municipal de Belém informou que a ação no Tapanã também conta com a presença da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), que foi deslocada para fazer um levantamento e notificar o proprietário da área, que deve prestar esclarecimentos sobre o uso de área como lixão irregular. O proprietário terá o prazo de 24h para comparecer à secretaria.


Ainda de acordo com a nota, após um levantamento da Fundação Papa João XXIII (Funpapa), os moradores em situação de risco terão prioridade na seleção para os empreendimentos da Secretaria de Habitação (Sehab), por meio da inscrição no programa Viver Belém - Minha Casa, Minha Vida.


(Enderson Oliveira/DOL)

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS