Diário Online
Notícias / Polícia
FOI PRESO

Pará: motociclista atropela agente de trânsito durante blitz

A agente Veridiana, que é da Divisão De Trânsito De Novo Progresso (DITRANP), sofreu fratura exposta na perna esquerda e escoriações pelo corpo.

sábado, 22/05/2021, 16:22 - Atualizado em 22/05/2021, 16:21 - Autor: Com informações do portal Debate Carajás


Motociclista atropelou agente de trânsito e teve que ser contido ao tentar fugir
Motociclista atropelou agente de trânsito e teve que ser contido ao tentar fugir | Reprodução Debate Carajás

Justamente no mês que é realizada a campanha do 'Maio Amarelo', para conscientizar a população sobre o respeito e a responsabilidade no trânsito, um caso de agressão chocou os moradores da cidade de Novo Progresso, no oeste paraense. 

Nesta sexta-feira (21), a Polícia Militar prendeu Aldair Oliveira dos Reis, motorista suspeito de atropelar intencionalmente uma agente de trânsito, identificada como Veridiana Jesus da Silva. O caso ocorreu durante tentativa de abordagem em uma blitz, em Novo Progresso, no oeste paraense.

De acordo com informações do portal Debate Carajás, os servidores realizavam fiscalização na avenida Orival Prazeres quando o motociclista recebeu ordem para na blitz. Porém, ele desviou de dois agentes e jogou a moto na direção da agente Veridiana, que caiu no chão.  

A agente Veridiana, que é da Divisão De Trânsito De Novo Progresso (DITRANP), sofreu fratura exposta na perna esquerda e escoriações pelo corpo. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Aldair Reis tentou fugir, mas foi contigo pior outros agentes. Ele foi preso pela Militar e encaminhado para a delegacia do município. Aldair foi indiciado por lesão corporal dolosa, resistência, desobediência e desacato. 

VIOLÊNCIA NO TRÂNSITO

Pelo Sistema Único de Saúde (SUS), os acidentes de trânsito são responsáveis por uma das principais causas de internação e óbitos no Pará. Só entre 2010 e 2020, foram registradas no Estado 104.647 internações por acidentes de trânsito pelo Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH/SUS), a maioria compreendendo vítimas entre 20 e 29 anos (29.150 mil internações) e 30 a 39 anos (23.125 mil internações), correspondendo a 77% do sexo masculino e 23% por mulheres.

Ainda no Pará, os acidentes e as violências no trânsito responderam por 241 mortes em 2020, equivalente a 7,3% a menos do que o registrado no ano anterior. Em estudo realizado em serviços de urgência e emergência de capitais brasileiras, 25% dos atendimentos por causas externas foram devidos a acidentes de transporte.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS