Notícias / Polícia
SERIAL KILLER?

Cemitério clandestino: corpo de jovem Rômulo também é achado

Pelo menos quatro corpos foram encontrados em cemitério clandestino, no bairro Floresta Park, em Ananindeua

sexta-feira, 11/06/2021, 18:30 - Atualizado em 16/06/2021, 17:18 - Autor: DOL


O desaparecimento e a localização do corpo de Rômulo Xavier guardam enorme semelhança com o caso do bombeiro Allan Tadeu
O desaparecimento e a localização do corpo de Rômulo Xavier guardam enorme semelhança com o caso do bombeiro Allan Tadeu | Reprodução - Facebook

O diretor da Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Pará, delegado Cláudio Galeno, confirmou no início da noite desta sexta-feira (11) que um dos corpos encontrados em um cemitério clandestino, em Ananindeua, é de Rômulo Matheus Farias Xavier, de 23 anos.

Rômulo desapareceu na madrugada da última sexta-feira (4) no bairro de Águas Lindas, em Ananindeua. Segundo a família do rapaz, ele saiu de casa afirmando que iria encontrar uma mulher, com quem se relacionava por mensagens de celular.

Ele saiu de casa por volta das 3h, na madrugada de sexta-feira (4), e avisou a familiares que iria buscar a mulher com quem mantinha um relacionamento virtual e que logo retornaria. Desde então, Rômulo não mais foi visto por seus conhecidos.

A moto de Rômulo foi encontrada ainda na manhã da última sexta-feira (4), no bairro Icuí, também em Ananindeua. 


Semelhanças

O relato impressiona pela semelhança com o desaparecimento do soldado bombeiro Allan Tadeu, que teve o corpo encontrado no mesmo cemitério clandestino.

Allan também saiu de casa, pilotando uma moto, e foi a um bar, onde câmeras de segurança registraram o militar conversando com uma mulher. Allan fez o último contato com conhecidos em um grupo de WhatsApp no início da madrugada de sábado (5). A moto do bombeiro foi encontrada na avenida Tavares Bastos, no bairro do Souza, em Belém.


Polícia Civil

Em nota, a assessoria de comunicação da Polícia Civil confirmou que foram localizados quatro corpos em uma área de mata, no município de Ananindeua, na tarde desta sexta (11). Duas vítimas já foram identificadas. Uma força-tarefa foi montada pela Polícia Civil, Polícia Militar, Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e o Corpo de Bombeiros para apurar o caso de forma célere. Qualquer informação que possa ajudar na elucidação do caso, pode ser repassada para o Disque-Denúncia, 181.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS