Notícias / Polícia
SANGUE FRIO

Presa dupla que abriu vítima e filmou o coração no Pará

Às vítimas foram mortas em uma área de mata nas proximidades do residencial Vila Nova.

sábado, 12/06/2021, 12:13 - Atualizado em 12/06/2021, 16:18 - Autor: Diário Online


De acordo com as investigações, a dupla participou do homicídio de outros dois homens.
De acordo com as investigações, a dupla participou do homicídio de outros dois homens. | Reprodução

A Polícia Civil de Parauapebas em conjunto com a Divisão de Homicídios de Belém, iniciaram na última segunda-feira (7) a operação "Psicostasia", com o objetivo de prender os acusados de participação em duas mortes bárbaras ocorridas em Santarém, oeste do Estado. Ao longo da semana várias testemunhas foram ouvidas e dois suspeitos foram pesos.

Antônio Francisco Silva Sousa, chamado de Felipe Pacheco, de 18 anos, e Wanderson Ferreira Líbano, o “Lorinho”, de 20 anos foram presos. De acordo com as investigações, a dupla participou dos homicídios de Ezequiel de Jesus Soares Brilhantes, 23 anos e Célio Kaiky Ferreira Silva, 18 anos.

Às vítimas foram mortas em uma área de mata nas proximidades do residencial Vila Nova. O corpo de Ezequiel de Jesus,  foi encontrado por um pescador. Já Célio Kaiky foi localizado após a rondas ostensivas com apoio de motocicletas. Equipes da Rocam abordaram um adolescente e no aparelho celular dele foi encontrado quatro vídeos, que mostravam uma pessoa sendo morta de forma cruel. Ao ser interrogado o menor levou a polícia até um local e lá foi encontrado um cadáver, que mais tarde foi identificado sendo de Célio Kaiky.

Wanderson Ferreira, um dos envolvidos na participação do crime, foi preso em um assentamento rural próximo ao município de Marabá. No local foram encontrados duas espingardas escondidas dentro de uma cabana.

O Delegado Élcio de Deus afirmou que às prisões aconteceram graças a um trabalho empenhado da Delegacia de Homicídios de Belém, disponibilizado pelo Delegado Geral da Polícia Civil do Pará, Walter Resende. Élcio afirmou ainda que a operação vai continuar com objetivo de prender os outros envolvidos.


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS