Diário Online
Notícias / Polícia
INSEGURANÇA

Vídeo: vítima luta com criminoso durante assalto em Icoaraci

Criminosos ainda não foram identificados

quarta-feira, 23/03/2022, 22:58 - Atualizado em 23/03/2022, 23:16 - Autor: Com informações de Cácia Medeiros/RBATV

Google News

Polícia busca informações para identificar criminosos
Polícia busca informações para identificar criminosos | Reprodução/Vídeo

De óculos escuros, um senhor sentado na cadeira acompanha a movimentação tranquila em frente ao seu comércio. Cumprindo mais um dia de trabalho, era uma quarta-feira, por volta de 15h35, quando testemunha a chegada de um desconhecido até o estabelecimento ao lado e o anúncio de um assalto.

A tranquilidade dos trabalhadores foi rompida diante de mais um caso de violência. A ocorrência foi registrada na última quarta-feira (16), no distrito de Icoaraci, em Belém, e foi coordenada por dois criminosos, até o momento não identificados, que se dividiram em: liderar o assalto a mão armada e auxiliar na fuga.

As imagens mostram o criminoso armado se aproximando de uma assistência técnica. Sob ordens para entregar os pertences, a primeira vítima, sem dinheiro, não tem muito com o que contribuir e decide sair de dentro do ponto. Paralelo a isso, a outra vítima não apenas testemunha a ação, impotente, como também é abordada pelo criminoso.

REAÇÃO

“Ele veio atrás de nós, pegou o celular dele [da vítima 2], do filho dele, pegou outro celular que era só para transferências bancárias e disse que queria dinheiro. Ele andou pra lá e pra cá, a gente percebeu que ele tava muito nervoso até a hora em que o proprietário bateu na mão dele e desferiu um tiro”, narra a primeira vítima.

A cena em questão acontece logo após o criminoso entrar no comércio e vasculhar o local. Ao passar pela única saída possível ao lado de um balcão, o senhor dos óculos escuros decide reagir. “Eu segurei na mão dele, foi a hora que a arma disparou”, lembra o proprietário do comércio que reconhece ter agido por impulso e nega que repetiria essa atitude se acontecesse novamente.

Polícia impede assalto em parada de ônibus no Souza

“Eu fiquei muito nervoso. Quando eu vi sangue na mão do senhor eu fiquei mais agoniado ainda, pensando que o tiro tinha pegado na barriga ou no peito dele. Por pouco ele ou eu poderíamos ter sido atingidos”, desabafa a primeira vítima. “Por duas noites, eu não consegui dormir direito e a gente tenta ficar bem, mas a verdade é que a gente não consegue mais”, lamenta. 

Criminosos fugiram após o crime
Criminosos fugiram após o crime | Reprodução/Vídeo

SEM IDENTIFICAÇÃO

O homem armado fugiu de motocicleta com o auxílio de um comparsa. Testemunhas afirmam que um disparo foi feito na fuga, mas não souberam dizer se os alvos eram as vítimas ou se foi um disparo acidental.

A dupla criminosa ainda não foi identificada. Qualquer informação que possibilite a identificação e/ou a localização dos suspeitos pode ser fornecida para as autoridades de segurança, por meio do disque-denúncia 181.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS