plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 25°
cotação atual R$


home
EXECUÇÃO

Após mudar de facção, Loirinha do Tráfico é assassinada 

Karina Regiane de Assis, 20 anos, conhecida como Loirinha do Tráfico, foi assassinada com pelo menos 13 tiros, na cidade de Ariquemes, em Rondônia

Imagem ilustrativa da notícia Após mudar de facção, Loirinha do Tráfico é assassinada  camera Ela havia deixado o Primeiro Comando da Capital (PCC) para se juntar ao (CV) | Foto: Reprodução

Karina Regiane de Assis Mauricio, 20 anos, mais conhecida como “Ariela, a Loirinha do Tráfico”, havia chegado recentemente na cidade de Ariquemes, em Rondônia. Mal sabia ela que esse seria seu último destino.

A jovem foi surpreendida por dois criminosos em uma motocicleta, que dispararam sem piedade contra ela, na tarde da última quarta-feira (07), Ariquemes. Ariela foi assassinada de forma brutal com pelo menos 13 tiros.

A suspeita inicial aponta para uma intensa disputa entre as facções rivais Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC), isso porque Ariela aparece em um vídeo que está circulando nas redes sociais desde o final do ano passado, justificando a saída dela do PCC para se juntar ao CV. Essa mudança de lealdade poderia ter sido o estopim para o trágico desfecho.

CONTEÚDOS RELACIONADOS:

O local do crime, marcado por intenso tráfico de drogas e prostituição, dificulta a investigação policial devido à chamada “lei do silêncio”. No entanto, há indícios de que o assassinato esteja relacionado a uma disputa entre facções.

Quer saber mais notícias de Polícia? Acesse nosso canal no Whatsapp

No entanto, o Delegado Regional de Polícia, Dr. Ricardo Rodrigues, lidera a investigação e alerta que é cedo para tirar conclusões, mas não descarta a possibilidade de que o homicídio de Ariela tenha relação com sua tentativa de mudança de facção.

As imagens do crime são fortes e circulam nas redes sociais, gerando revolta e pedidos por justiça. A população espera que as autoridades esclareçam rapidamente os detalhes desse trágico episódio que abalou a cidade de Ariquemes.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Polícia

Leia mais notícias de Polícia. Clique aqui!

Últimas Notícias