plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 36°
cotação atual R$


home
COMBATE AO CRIME ORGANIZADO

PC prende mais dois por suspeita em facção criminosa

As prisões foram efetuadas no Distrito de Outeiro e no bairro do Tapanã, em Belém e fazem parte da operação "Cara-Crachá", de combate ao crime organizado.

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia PC prende mais dois por suspeita em facção criminosa camera As prisões foram efetuadas no Distrito de Outeiro e no bairro do Tapanã, em Belém. | Foto: Divulgação

O avanço de facções criminosas vem sendo combatido de forma eficiente pela Polícia Civil, que atua na prevenção e também na prisão de envolvidos ao crime organizado.

Na manhã da última sexta-feira (14), a Polícia Civil do Pará, por meio das equipes da Delegacia de Repressão às Facções Criminosas, vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), prendeu dois suspeitos, um homem e uma mulher.

Segundo os agentes, havia dois mandados de prisão preventiva contra os criminosos que foram cumpridos na Operação "Cara-Crachá", que investiga a participação da dupla em uma facção criminosa que atua no Pará. As prisões foram efetuadas no Distrito de Outeiro e no bairro do Tapanã, em Belém.

Quer mais notícias sobre Polícia? Acesse nosso canal no WhatsApp

O delegado-geral da Polícia Civil do Pará, Walter Resende, destaca que as prisões fazem parte do trabalho eficiente que a PC vem fazendo no combate ao crime organizado no Estado. "Com essas prisões, somamos sete investigados no sistema penal. Mais uma vez a Polícia Civil demonstra sua eficácia no combate ao crime organizado. Nossas equipes atuam de forma integrada para fornecer uma resposta efetiva à sociedade paraense", disse.

Os mandados foram expedidos pela vara de Combate ao crime Organizado contra sete membros do grupo. Durante a investigação, foi identificado que os suspeitos têm atuação relevante na facção.

A Polícia Civil informou que os suspeitos foram presos e encaminhados para o sistema penitenciário e responderão à Justiça pela integração de organização criminosa.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Polícia

    Leia mais notícias de Polícia. Clique aqui!

    Últimas Notícias