plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 26°
cotação atual R$


home
POLÍCIA

Criança morre após suposto espancamento em escola

Um estudante de 12 anos morreu na madrugada desta quarta-feira (31) no Hospital Pronto-Socorro Mário Pinotti, no bairro do Umarizal, em Belém. Ele teria sido espancado na Escola Estadual de Ensino Fundamental Santo Afonso, na rodovia Arthur Bernardes, no

twitter Google News

Um estudante de 12 anos morreu na madrugada desta quarta-feira (31) no Hospital Pronto-Socorro Mário Pinotti, no bairro do Umarizal, em Belém. Ele teria sido espancado na Escola Estadual de Ensino Fundamental Santo Afonso, na rodovia Arthur Bernardes, no bairro do Telégrafo.

A violência pode ter ocorrido pela tarde, dentro da escola, onde a criança cursava o 6º ano do ensino fundamental. Ainda não se sabe quem seriam os responsáveis pela agressão, se alunos ou mesmo funcionários da instituição.

OUTRA VERSÃO

Por telefone, a instituição apresentou outra versão. O aluno estaria no horário de intervalo, quando, ao brincar correndo, acabou caindo e sofrendo um grande choque no baço.

"O médico que o atendeu afirmou que o choque seria semelhante ao de agressões, não que tenha sido resultado de agressões, tanto que ele saiu daqui andando, sem hematomas. Isso que causou o boato das agressões", disse uma funcionária identificada apenas como Vilma.

Ainda de acordo com a escola, as aulas desta quarta-feira foram suspensas e a família do menino eatá recebendo auxílio.

Também por telefone, a Polícia Civil informou que o caso chegou até a Seccional da Sacramenta na manhã desta quarta-feira (31) e que será encaminhado à Divisão de Atendimento ao Adolescente (DATA), que procederá as investigações.

Ainda de acordo com a polícia, a hipótese inicial é a de que o garoto tenha sido agredido.

O corpo do estudante foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e deve passar por necrópsia, sendo liberado durante a tarde. Até a publicação da reportagem, não havia informações sobre velório e sepultamento.

POSICIONAMENTO DA SEDUC

Em nota, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) informou que apura as circunstâncias nas quais o fato ocorreu, levando em consideração as duas hipóteses principais do caso: a de que o aluno sofreu uma queda durante o intervalo de aula, na tarde da terça-feira (30), e a de que foi vítima de agressões motivadas por bullying.

Ainda de acordo com a Seduc, a escola não possiu histórico de agressões entre estudantes e uma equipe de psicólogos e técnicos está prestando assistência aos familiares do estudante.

Por fim, a Seduc informou acompanhará o inquérito policial através da sua Ouvidoria.

(DOL)

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Polícia

    Leia mais notícias de Polícia. Clique aqui!

    Últimas Notícias