Diário Online
Notícias / Política
AGORA VAI?

PL anuncia filiação de Bolsonaro para a próxima semana

Data foi decidida em reunião entre presidente e Valdemar da Costa Neto

quarta-feira, 24/11/2021, 09:47 - Atualizado em 24/11/2021, 11:59 - Autor: Agência Brasil


O evento ocorrerá em Brasília, no Complexo Brasil 21, região central da capital.
O evento ocorrerá em Brasília, no Complexo Brasil 21, região central da capital. | Marcelo Camargo/Agência Brasil

No Brasil, a corrida pela tão sonhada cadeira presidencial já está a todo vapor, com candidatos já em clima de campanha eleitoral (mesmo que informal) e outros já buscando alternativas para concorrer a cadeira mais poderosa de Brasília em 2022.

A filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Partido Liberal (PL) é uma das alternativas para o parlamentar concorrer a reeleição no ano que vem, e será oficializada no próximo dia 30 de novembro, às 10h30. O anúncio foi feito no final da tarde desta terça-feira (23), em nota divulgada pela assessoria do partido.

Moraes suspende quebra de sigilo de Bolsonaro pedida por CPI

PSDB decide quem vai disputar eleição presidencial em 2022

“A definição da data é produto de encontro que, na tarde de hoje, 23, reuniu o presidente da República e o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto”, informou a sigla. O evento ocorrerá em Brasília, no Complexo Brasil 21, região central da capital. 

Mais cedo, em entrevista a uma rádio da Paraíba, Bolsonaro havia dito que estava tudo "praticamente resolvido" entre ele e Costa Neto.  

A filiação de Bolsonaro ao PL deveria ter ocorrido no último dia 22, mas foi adiada de comum acordo entre as partes por causa de indefinições sobre a composição dos palanques estaduais nas eleições do ano que vem. A principal demanda de Bolsonaro é garantir uma candidatura própria do partido ao governo de São Paulo. No estado, no entanto, o PL se encaminhava para apoiar a candidatura do atual vice-governador, Rodrigo Garcia (PSDB).

Durante a tarde, o senador Wellington Fagundes (PL-MT), líder do partido no Senado, esteve no Palácio do Planalto e afirmou, após deixar o local, que o impasse em torno de uma candidatura própria do PL em São Paulo estaria resolvido. 

"São Paulo está totalmente encaminhado. Provavelmente a candidatura do ministro Tarcísio [Freitas] a governador", disse. Titular do Ministério da Infraestrutura e um dos auxiliares mais próximos de Bolsonaro, Tarcísio Freitas poderá ser o candidato do presidente ao governo em São Paulo.    

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS