Diário Online
TENDÊNCIA

Poparazzi: app "bomba" e proíbe usuários de postar selfies

A proposta é compartilhar fotos reais de "momentos autênticos".

terça-feira, 01/06/2021, 09:40 - Atualizado em 01/06/2021, 09:39 - Autor: Com informações UOL


O Poparazzi foi lançado para iPhone (iOS) e alcançou o primeiro lugar na App Store dos aplicativos mais baixados nos Estados Unidos.
O Poparazzi foi lançado para iPhone (iOS) e alcançou o primeiro lugar na App Store dos aplicativos mais baixados nos Estados Unidos. | Divulgação

Quando uma nova rede social surge, ela tem grande chance de virar tendência, já que, por ser novidade chama a atenção dos novos usuários. 

Foi o que aconteceu com o novo aplicativo chamado Poparazzi, lançado na última segunda-feira (24). Essa é uma nova rede social de fotos que não permite publicar selfies. De acordo com o aplicativo, a proposta é compartilhar fotos reais de "momentos autênticos". "No Poparazzi, você é o paparazzi do seu amigo e eles são os seus", explica a descrição do app.

A ferramenta de câmera do aplicativo não possui a opção para usar a câmera frontal. O perfil permite mostrar as imagens que você fez ou que amigos amigos fizeram de você. Não há legendas, hashtags, espaço para comentários ou contagem de seguidores. 

Novo malware rouba dados bancários de usuários do Android

Qualquer pessoa pode publicar fotos suas no Poparazzi, mas somente quem você segue na plataforma pode postar as imagens no seu perfil. Se a foto foi postada por algum desconhecido, vai passar por um processo de aprovação antes de ser publicada em sua conta.

Há ainda a opção de deixar o perfil no Poparazzi privado - assim, só pessoas aprovadas pelo usuário podem tirar fotos. Também é possível bloquear contatos, o que impede que eles tirem fotos suas e as postem. Usuários bloqueados também não podem ver as fotos em que você foi marcado, assim como você não poder ver as imagens de quem bloqueou.

Telegram e Signal dispararam após novo termo do WhatsApp

O Poparazzi foi lançado para iPhone (iOS) e alcançou o primeiro lugar na App Store dos aplicativos mais baixados nos Estados Unidos na quarta-feira (26). Por enquanto, não há previsão de lançamento para Android, mas a plataforma afirma que está trabalhando para que isto aconteça em breve.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS