Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$
EXPECTATIVAS

O que muda no Twitter após a compra de Elon Musk?

Veja quais as implicações da mais recente aquisição do bilionário nesse ano

segunda-feira, 25/04/2022, 21:38 - Atualizado em 25/04/2022, 21:37 - Autor: Com informações de O Globo

Google News

Elon Musk comprou o Twitter por US$ 44 bilhões
Elon Musk comprou o Twitter por US$ 44 bilhões | Reprodução

A compra do Twitter por Elon Musk finalmente foi concretizada nesta segunda (25), dividindo opiniões de acionistas e, principalmente, dos internautas.

A mais recente aquisição do bilionário responsável pela fabricação de carros elétricos Tesla e da exploração espacial SpaceX, levanta o maior questionamento de todos: o que acontece agora com o Twitter?

Há duas semanas, Elon Musk ofereceu US$ 41,5 bilhões (cerca de R$ 205 bilhões) em dinheiro para assumir o controle total da plataforma. Além disso, prometeu pagar US$ 54,20 por ação.

No início desse mês, disse que comprou uma participação de 9,2% do Twitter em uma operação efetivada em março. Se a oferta não fosse aceita, reconsideraria sua posição de acionista.

Por meio de uma carta ao presidente do conselho da rede social, Musk foi claro: “O Twitter precisa ser transformado em uma empresa privada”, provocando as mais diversas reações.

Ele também tem questionado como o espaço virtual tem lidado com a liberdade de expressão.

O que muda após a compra feita por Elon Musk?

Antes de mais nada, o bilionário já era um usuário ativo do Twitter muito antes de ser acionista da empresa.

Com 80,5 milhões de seguidores em seu perfil, é conhecido por disparar declarações incendiárias, comentários polêmicos sobre negócios ou outras personalidades, além de usar a plataforma para fazer diversos anúncios.

Seu envolvimento no Twitter agora traz algumas dúvidas entre os demais funcionários, segundo informou o jornal Washington Post. Alguns consideram não trabalhar para o homem mais rico do mundo, pois seus valores não estariam alinhados.

Elon Musk fornece internet via satélite à Ucrânia

Uma fonte do jornal afirma que “algumas pessoas estão arrumando seus currículos” justamente porque não querem trabalhar com o magnata.

Além disso, foi só Musk se tornar acionista no início do mês de abril que políticos conservadores dispararam centenas de pedidos pelo retorno do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, à plataforma.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS