A natureza pode nos surpreender: ao longo do processo de evolução, muitos animais adquirem mutações genéticas impressionantes, que garantem aparências únicas – e, muitas vezes, fofas. Há cerca de duas semanas, Simba, um pequeno bode, nasceu em Karachi, no Paquistão, e o recém-nascido já chegou ao mundo chamando a atenção.

E o que tem atraído os olhares do seu tutor e também do Guinness Book são suas enormes orelhas, medindo 19 polegadas (cerca de 48 cm). Elas são tão longas que chega a arrastar no chão quando caminha.

"Esperamos que em breve Simba seja um recordista mundial do Guinness", disse Muhammad Hassan Narejo, dono do Simba, ao Daily Mail.

O bode nasceu em uma fazenda de cabras chamada Nagra Farm, a criação desses animais é muito comum no Paquistão em parte porque são adequados para o terreno variado.

E dentre tantos bodes, Simba pode se tornar um recordista mundial, já que atualmente não há animais dessa espécie no Guinness Book por ter orelhas longas, mas há cães que detêm a mesma honra.

Veja também:

Simba é da raça núbias e essa espécie tendem a ter orelhas ainda maiores do que a de um bode comum. As orelhas servem para ajudar esses animais a se manterem frescos em temperaturas quentes no verão o Paquistão pode alcançar até 47°C.

Mas, segundo os especialistas, a causa do prolongamento excessivo das orelhas de Simba pode ser o resultado de uma mutação genética ou de um distúrbio genético.

 VEJA O VÍDEO:

Conteúdo Patrocinado

MAIS ACESSADAS