DOL Carajás
Carajás / Entretenimento
PAGAMENTO SUSPENSO

Paulo André perde Bolsa Atleta por participar do BBB 22

Ele é velocista e foi campeão brasileiro dos 100m em 2021, além de chegar à semifinal nas Olimpíadas de Tóquio.

quinta-feira, 24/03/2022, 19:43 - Atualizado em 24/03/2022, 19:47 - Autor: Com informações UOL Esporte

Google News

Paulo André está há mais de dois meses participando do BBB
Paulo André está há mais de dois meses participando do BBB | Reprodução

O governo federal decidiu suspender a Bolsa Atleta de R$ 1.850 paga ao velocista Paulo André. A Secretaria Especial do Esporte entendeu que o velocista não está cumprindo o programa anual de treinamento apresentado em janeiro de 2021 para aquele ano, uma vez que está participando do BBB. 

 

Velocista não está cumprindo o programa anual de treinamento
Velocista não está cumprindo o programa anual de treinamento | Reprodução / Ag. Brasil
 

"A Consultoria Jurídica do Ministério da Cidadania já emitiu parecer sobre a participação de Paulo André Camilo de Oliveira no Big Brother Brasil, da TV Globo. A pasta encaminhou notificação para o atleta e aguarda a manifestação dele para dar andamento ao processo. Cabe informar que o pagamento foi suspenso preventivamente, já que a lei que disciplina o Programa Bolsa Atleta exige a continuidade dos treinos durante todo o período de recebimento do benefício", disse a secretaria, em nota.

Procurada, a equipe que cuida da carreira de Paulo André fora do programa não respondeu ao pedido de comentários. 

Paulo André está há mais de dois meses no programa, mas o caso só chamou atenção do Ministério da Cidadania na semana passada, depois que um repórter da revista Veja perguntou sobre um possível cancelamento da bolsa ao ministro João Roma (Republicanos). O político respondeu que não tinha informações sobre o assunto e acionaria a consultoria jurídica do Ministério e a Secretaria do Esporte. 

A bolsa de R$ 1.850 é paga a PA por ele ter sido medalhista de prata dos 100m nos Jogos Pan-Americanos de 2019. Como o governo não abriu edital em 2020, PA não recebeu o benefício naquele ano e só pôde se inscrever pelo resultado no edital de 2021, cujos pagamentos vão até maio ou junho de 2022, três anos após o feito.

Entre os documentos que deviam ser enviados no ato da inscrição à Bolsa Atleta, em janeiro de 2021, estava um "plano esportivo anual, com plano de treinamento, objetivos e metas esportivas para o ano do recebimento do benefício". Como o edital é de 2021, subentende-se que o plano esportivo era daquele ano, encerrado antes de Paulo André entrar no BBB.

Os pagamentos, porém, se estenderam até 2022 porque o governo atrasou em um mês e meio a divulgação da lista de contemplados, o que só aconteceu em maio, adiando também o pagamento da primeira parcela. Com os pagamentos suspensos, Paulo André não deverá receber as parcelas de abril, maio e, se existir, de junho — sem saber quando ele assinou o termo de compromisso, não há como saber quando ele recebeu a primeira parcela. 

Em 2021, durante a vigência da bolsa, suspensa agora, Paulo André foi campeão brasileiro, campeão brasileiro universitário e semifinalista olímpico nos 100m. Nos 200m, foi vice-campeão brasileiro e campeão universitário. Com o revezamento, disputou a final do Mundial de Revezamentos (o Brasil cruzou a linha de chegada em segundo lugar, mas a equipe foi eliminada por um erro na passagem de bastão) e a semifinal olímpica. 

   

Paulo André foi campeão brasileiro, campeão brasileiro universitário e semifinalista olímpico nos 100m.
Paulo André foi campeão brasileiro, campeão brasileiro universitário e semifinalista olímpico nos 100m. | Reprodução
  

Para o período atual, a inscrição para o benefício não tinha sido aberta quando Paulo André entrou na casa do BBB. Por isso, a equipe do atleta ficou responsável pela inscrição —que já está fechada. Como o benefício leva em conta os resultados do ano anterior, Paulo André deverá ser contemplado em uma categoria acima da que recebia —ele sobe da para a categoria "atleta olímpico", que paga, mensalmente, R$ 3.100,00. A lista dos contemplados do Bolsa Atleta para 2022 deve ser divulgada na segunda quinzena de abril.

Veja também:

Eliezer acusa Arthur de trapacear sorteio da Prova do Anjo

Natália deixa Tadeu desesperado e web indica gravidez

A Bolsa paga a Paulo André, de R$ 1.850, da categoria internacional, para medalhistas de Mundiais, Pan-Americanos e Sul-Americanos, não sofre reajuste desde 2010. Como comparação, o salário base de um jornalista em São Paulo, que também era de R$ 1,8 mil em 2010, hoje está acima de R$ 3,7 mil, corrigido pela inflação. 


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS