DOL Carajás
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Recolhimento do FGTS será agora totalmente digital

A nova plataforma diminuirá o tempo gasto pelas empresas para cumprirem suas obrigações, uma vez que fará uso da base de dados do eSocial. Versão digital entra em operação até final do ano

quarta-feira, 04/05/2022, 12:50 - Atualizado em 04/05/2022, 13:44 - Autor: DOL Carajás com informações da Agência Brasil

Google News

A expectativa do governo é de que as funcionalidades do FGTS Digital comecem a operar ainda este ano
A expectativa do governo é de que as funcionalidades do FGTS Digital comecem a operar ainda este ano | Marcelo Camargo/Ag. Brasil

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, FGTS, tem passado por diversas mudanças e atualizações nos últimos anos. A inserção no mundo digital, a popularização dos celulares, aplicativos e da internet, tem migrado os serviços do trabalhador brasileiro e facilitado, inclusive, o acompanhamento em tempo real do saldo e dos depósitos feitos na conta do trabalhador.

Essa inclusão digital possibilitou também a habilitação de crédito bancário usando o saldo do FGTS dos trabalhadores para empréstimos na modalidade saque aniversário.

Agora o governo federal deu mais um passo na gestão do FGTS.

O Ministério do Trabalho e Previdência lançou nesta quarta-feira (4) um portal com informações sobre a versão digital do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. O FGTS Digital é um conjunto de sistemas integrados que vai gerenciar os processos relacionados ao cumprimento da obrigação de recolhimento do FGTS.

A expectativa do governo é de que as funcionalidades do FGTS Digital comecem a operar ainda este ano.

O portal contém notícias e informações para que os usuários que venham a utilizar o serviço se familiarizem mais facilmente com o novo ambiente digital. Além de informações sobre o FGTS Digital, a página apresentará, entre outros serviços, legislações consideradas pertinentes, perguntas e respostas frequentes e canais de contato.

O portal com o material explicativo do FGTS Digital pode ser acessado no site do Ministério do Trabalho e Previdência.

Veja também!

Município da região está há quase 700 dias sem homicídios

Seminário vai discutir a prevenção da violência sexual

Prazo para transferir título de eleitor termina nesta quarta

A nova plataforma diminuirá o tempo gasto pelas empresas para cumprirem suas obrigações, uma vez que fará uso da base de dados do eSocial e os débitos já serão individualizados desde a origem, utilizando o CPF como um dos elementos essenciais de identificação do trabalhador.

De acordo com o subsecretário de Inspeção do Trabalho, Rômulo Machado, “estudos indicam a redução de cerca de 36 horas mensais no tempo gasto somente com o recolhimento do FGTS”. Tempo que, segundo ele, “resultará em ganho de produtividade”.

Durante o evento de lançamento do portal, o presidente do Conselho Curador do FGTS e secretário-executivo adjunto do ministério, Ricardo Moreira, disse que o FGTS Digital vai reduzir a cobrança de inadimplências.

“Hoje temos uma cobrança que pode ser aperfeiçoada e trazê-la para dentro de um prazo prescricional. Vamos sair do prazo de 5 anos, para trazer essa arrecadação com inadimplência para um prazo mais rápido. Trata-se de uma ferramenta importante para manter a sustentabilidade do fundo que proporcionará, ao trabalhador, maior transparência para fiscalização dos contratos de trabalho e para o recolhimento do FGTS para o fundo”, disse.

A forma escolhida para o pagamento do FGTS pelas empresas será o PIX. Guias de pagamentos do FGTS poderão ser emitidas no portal do FGTS Digital ou na própria tela do ambiente virtual do eSocial.

Benefícios do FGTS Digital

- Emissão de guias rápidas e/ou personalizadas;

- Consulta de extratos de pagamentos realizados;

- Individualização dos extratos de pagamento;

- Verificação de débitos em aberto;

- Pagamento da multa indenizatória a partir das remunerações devidas de todo o período trabalhado.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS