DOL Carajás
Notícias / Polícia
ESPOSA BALEADA

Assassinato de secretário de obras de Anapu é investigado

Polícia Civil quer saber a autoria e motivação do crime

segunda-feira, 28/02/2022, 10:17 - Atualizado em 28/02/2022, 11:18 - Autor: Com Informações de Antônio Barroso de Jacundá

Google News

Secretário de Obras, Raimundo Lima, foi assassinado em sua propriedade rural
Secretário de Obras, Raimundo Lima, foi assassinado em sua propriedade rural | Reprodução

A Superintendência da Polícia Civil Regional do Xingu acompanha a investigação sobre um homicídio e uma tentativa de homicídio registrados na noite de sábado (26) na zona rural do município de Anapu, na região sudoeste do Pará. 

As vítimas é o casal Raimundo de Moura Lima e esposa dele, Elena Lima. O homem era secretário municipal de Obras, Viação e Infraestrutura da Prefeitura.

O casal estava numa propriedade rural localizada no Travessão 115 Norte quando dois homens em uma motocicleta Bros chegaram ao local, por volta de 19h, e armados com pistolas ordenaram que as vítimas deitassem na sala. 

        

Local em que Raimundinho foi assassinado e a mulher dele baleada
Local em que Raimundinho foi assassinado e a mulher dele baleada | Alessandra Gonçalves
  

Em seguida, o casal foi imobilizado com abraçadeiras de nylon, tipo “engasga gato”. Na sequencia desferiram tiros na cabeça de Raimundo, que morreu no local. Mesmo ferida, a mulher conseguiu se livrar das amarras e chamar vizinhos após a fuga dos assassinos. A mulher foi socorrida por moradores e depois recebeu atendimento da equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Ela não corre risco de morte.

Veja também: 

Jovem de 19 anos é assassinado a tiros em Marabá

Homem foge da polícia e causa dois acidentes em Marabá

Ainda na noite de sábado, a Polícia Civil de Anapu iniciou a investigação, que é acompanhada de perto pelo delegado Walison Damasceno, superintendente regional da Polícia Civil do Xingu, por se tratar de uma vítima envolvida com a política local.

A autoria do crime e motivação são investigadas. Nenhuma pessoa envolvida com o crime foi presa ou identificada. 


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS