DOL Carajás
Notícias / Polícia
RISCO DE TENSÃO IMINENTE

Polícia Federal cumpre mandados de busca em terra indígena

Durante a ação foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal de Altamira

sexta-feira, 08/07/2022, 12:40 - Atualizado em 08/07/2022, 12:38 - Autor: DOL Carajás com Ascom PF

Google News

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, dia 8 de julho, a operação Escudo Xipaya, na cidade de Novo Progresso
A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, dia 8 de julho, a operação Escudo Xipaya, na cidade de Novo Progresso | Divulgação PF

A ação de garimpeiros ilegais tem ganhado a mídia nos últimos meses, principalmente por conta de esses garimpeiros invadirem terras indígenas e áreas ambientais protegidas por lei. Algumas dessas terras são pertencentes a União.

Por isso as ações contra essas extrações ilegais em terras protegidas ou indígenas tem se intensificado principalmente na Amazônia.

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, dia 8 de julho, a operação Escudo Xipaya, na cidade de Novo Progresso, no sudoeste paraense. Durante a ação foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal de Altamira. O objetivo é combater o garimpo clandestino na terra indígena Xipaya.

Veja também!

PRF apreende mais de R$ 30 milhões em pasta base de drogas

Polícia prende líder de gangue de mulheres criminosas

Falta de energia em hospital assusta pacientes em Marabá

As investigações começaram quando uma liderança indígena da área comunicou a delegacia da Polícia Federal em Altamira sobre a presença de garimpeiros no interior da terra de Xipaya, gerando um clima de tensão na região e de conflito iminente.

Ao longo das investigações foram identificadas diversas pessoas físicas e jurídicas em plena atividade exploratória, utilizando balsas e dragas entre outros apetrechos, incluindo a utilização ilegal de mercúrio, elemento poluente que causa sérios danos ao bioma. 

Ninguém foi preso nesta operação, mas foram apreendidos os aparelhos celulares dos alvos das buscas. Esse material será submetido a perícia e análise para instrução do inquérito policial e continuação das investigações.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS