Diário Online
EXPERIÊNCIA INTERATIVA

Artistas plásticos usam realidade aumentada em mostra

Johnatan Ryder e Marcos Pimentel usam realidade aumentada para dar experiência interativa ao público em mostra

quinta-feira, 17/03/2022, 11:51 - Atualizado em 17/03/2022, 11:51 - Autor: Michele Daniel/Diário do Pará

Google News

“Pintura em Alvoroço” reúne obras dos dois artistas, inspiradas no patrimônio histórico, cultura e natureza de Vigia.
“Pintura em Alvoroço” reúne obras dos dois artistas, inspiradas no patrimônio histórico, cultura e natureza de Vigia. | Divulgação

Segue aberta, até o dia 30 deste mês, a exposição “Pintura em Alvoroço”, dos artistas plásticos Johnatan Ryder e Marcos Pimentel, no município de Vigia, nordeste paraense. São sete obras de arte com realidade aumentada que trazem um pouco da história da cidade, a mais antiga do Pará, fundada há 406 anos, e que permitem interação com o público. A mostra contemplada pela Lei Aldir Blanc é inédita na região e une a experiência e tecnologia e inovação dos artistas do município.

Fundação Cultural do Pará ganha mural gigante

Belém fantástica e mundos paralelos são temas de exposição

As obras foram criadas exclusivamente para exposição, inspiradas no patrimônio histórico de Vigia, retratos de personalidades da cidade, lendas e animais. As imagens ganham ainda animação quando o visitante aponta a câmera do celular para a tela, e cada imagem traz novas informações ao público a partir dos movimentos.

Segundo Johnatan, a exposição é resultado do trabalho de pesquisa de ambos os artistas, que tiveram como base a história e memória da cidade. “A minha [pesquisa] envolve cartões postais, homenagem às igrejas, animais e jornais do início do século 19. Esses exemplares antigos, por exemplo, conseguimos em um espaço de arquivo público daqui de Vigia mesmo. Eu entrei com a tecnologia e inovação, enquanto Marcos com a experiência dele de mais de 30 anos [nas artes plásticas]”, explica. “Isso para a nossa cidade é inédito”, acrescenta o artista.

Johnatan trabalha como artista plástico desde 2019. Em suas obras, ele usa a técnica de desenho à caneta sobre e papel e, ao longo dos últimos dois anos, já emplacou trabalhos em premiações estaduais e nacionais, como a participação na convenção do Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MICBR), do ano passado, evento que reúne artistas e empresários de dentro e fora do país.

Este ano, uniu sua criatividade à do vigiense Marcos Pimentel, que participa da mostra com suas acrílicas sobre tela, para levar arte e muita criatividade em uma única exposição.

Para o jovem artista, a mostra é a realização de um sonho. “Representa um marco na minha carreira, e por ser pioneira na cidade, com tecnologia que pode vir a se tornar referência para outros artistas”, comenta.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS