Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
MUDANÇAS

Rede Globo volta a ser comandada por membro do clã Marinho

Em um comunicado, a Globo anunciou que a emissora funcionará sob nova direção

sexta-feira, 15/10/2021, 17:41 - Atualizado em 15/10/2021, 17:41 - Autor: Com informações Istoé


Emissora estava há quatro anos sendo comandada por executivo que não faz parte da família fundadora
Emissora estava há quatro anos sendo comandada por executivo que não faz parte da família fundadora | Divulgação

Nos últimos anos, a Rede Globo vem enfrentando uma grave crise financeira e para se manter, teve que abrir mão de diversos artistas consagrados da emissora. Já outros famosos tiveram seus contratos fixo rompidos e os salários atualizados com valores bem menores.

Visando a recuperação, a Globo anunciou que a emissora funcionará sob nova direção. Após 4 anos fora da presidência da Rede Globo, a emissora voltará a ser comandada pela família Marinho. João Roberto Marinho, neto de Roberto Marinho, é quem ficará no lugar de Jorge Nóbrega, atual presidente da empresa. A mudança aconteceu após a fusão com outras empresas e a demissão em massa de diversos colaboradores.

A notícia foi divulgada em live para os funcionários do alto escalão da Globo na quinta-feira (14).

“O presidente do conselho de administração do Grupo Globo, João Roberto Marinho, anunciou hoje que, a partir de 1º de fevereiro de 2022, o Grupo Globo e a Globo terão novas lideranças. João Roberto Marinho assumirá a presidência do Grupo Globo e Paulo Marinho, hoje diretor de Canais da Globo, comandará a Globo (que tem a ‘Globo Comunicação e Participações S.A’ como razão social)”, começou.

Veja também!


“Os dois substituirão Jorge Nóbrega, atual presidente executivo do Grupo Globo e da Globo. Durante os próximos três meses, Jorge Nóbrega e Paulo Marinho conduzirão juntos o processo de transição na Globo. A substituição, planejada já há algum tempo, faz parte da jornada de profunda transformação digital da empresa, que foi iniciada por Nóbrega em setembro de 2018 e que estará a cargo de Paulo Marinho a partir do ano que vem”, continuou o comunicado.

Confira a mensagem completa:

“Jorge Nóbrega, de 67 anos, atua nas empresas do Grupo Globo desde 1996. Em 2017, assumiu a presidência do Grupo, sendo o primeiro presidente a não fazer parte da família Marinho. Com a sua saída, João Roberto Marinho passará a estar à frente do Conselho de Administração e também do Grupo Globo – hoje formado pela Globo, pela Editora Globo, pelo Sistema Globo de Rádio, pela Globo Ventures e pela Fundação Roberto Marinho.

Nóbrega continuará a integrar o Conselho de Administração do Grupo Globo, que, presidido por João Roberto Marinho, é composto por Roberto Irineu Marinho e José Roberto Marinho, como vice-presidentes, e por Paulo Marinho, Roberto Marinho Neto e Alberto Pecegueiro, como conselheiros.

João Roberto Marinho seguirá também no comando do Conselho Editorial, responsável por discutir e propor orientação e alinhamento em questões editoriais, e do Comitê Institucional, que tem o papel de acompanhar e propor linhas de atuação para as relações institucionais do Grupo Globo.

Na Globo, a gestão de Jorge Nóbrega foi marcada pela revisão estratégica do negócio e pela adoção de um novo modelo operacional que, com o apelido de “UmaSóGlobo”, unificou, sob a marca Globo, a TV Globo, a Globosat, a Globo.com, o Globoplay, a diretoria de Gestão Corporativa e a Som Livre – recentemente vendida para a Sony Music.

Sob a sua direção, a Globo transformou-se numa empresa mediatech, com a qualidade de seus conteúdos fortemente apoiada pela tecnologia e voltada para o relacionamento direto com o consumidor. Tendo promovido também um amplo processo de mudança cultural, Nóbrega alinhou ainda mais as práticas da empresa à pauta ESG, investiu em dados, estreitou o relacionamento com o mercado e as marcas através de novas práticas e formatos comerciais multiplataforma e ampliou as parcerias estratégicas.

Natural sucessor de Jorge Nóbrega na presidência da Globo, Paulo Marinho é diretor de Canais da Globo desde 2020 e tem sido uma liderança importante na consolidação da estratégia D2C da empresa, que agora, sob a sua direção, ganhará novo impulso. O compromisso de continuidade e evolução estará refletido também na estrutura da empresa, que, com as oportunidades trazidas pelas movimentações, terá naturais ajustes, a serem detalhados até o fim do ano.

Carioca, Paulo Marinho é formado em Administração, tem 44 anos e uma longa trajetória nos negócios do Grupo. Desde 1998, vem atuando nas diferentes empresas, tendo sido coordenador de Conteúdo e Marketing no Sistema Globo de Rádio, diretor dos canais infantis Gloob e Gloobinho, da VIU Hub, diretor-geral de Canais e Conteúdo da então Globosat e, desde 2020, é o responsável pelos canais de TV aberta e por assinatura e também pela rede de afiliadas da Globo.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

Enquete: Quem você acha que vai ganhar o BBB 22?

MAISACESSADAS