Diário Online
"EU TERIA FEITO PIOR"

Thiago Gagliasso deixa rixa e apoia sobrinhos após racismo

Ele também elogia a atitude da cunhada, que xingou a mulher acusada do crime.

segunda-feira, 01/08/2022, 20:30 - Atualizado em 01/08/2022, 21:03 - Autor: FOLHAPRESS

Google News

Thiago, que não fala om o irmão Bruno e com Ewbank, prestou apoio aos sobrinhos
Thiago, que não fala om o irmão Bruno e com Ewbank, prestou apoio aos sobrinhos | Reprodução

O ator e pré-candidato a deputado federal Thiago Gagliasso (PL-RJ) deixou de lado a briga familiar com o irmão, Bruno Gagliasso, para prestar apoio aos sobrinhos Titi e Bless. As crianças foram vítima de racismo em um clube de praia em Portugal.

Thiago não mantém boas relações com Bruno nem com a cunhada, Giovanna Ewbank. O fato se tornou público em diversas entrevistas, de todas as partes. Recentemente, o mais famoso dos irmãos disse em entrevista ao podcast da mulher que não conseguia enxergar uma reconciliação entre ambos em curto prazo.

"Independente de qualquer coisa, faço questão de dar muita força ao meu irmão e sua família pelo episódio lamentável que sofreram", escreveu Thiago nas redes sociais. "Pode ter certeza de que não importam as nossas divergências ideológicas. Em um momento como esse, só peço a Deus que os fortaleça. Parabenizo a Gio, que, visivelmente abalada e sem acreditar no que estava vivendo, defendeu seus filhos como uma mãe exemplar. Muita força!"

Notícias relacionadas:

Mais Você exibe macaco ao abordar caso de filhos de atores

Ana Maria demite responsável por erro em vídeo sobre racismo

Giovanna Ewbank revela tudo sobre ataque racista em Portugal

Em vídeo, Thiago complementou a mensagem e disse que resolveu se manifestar por estar recebendo de muitos seguidores as imagens que viralizaram com Giovanna defendendo os filhos. "Pode ter certeza que também dói aqui dentro", disse. "Eu estive há pouco tempo com esses moleques, tanto a Titi quanto o Bless. [São] duas crianças maravilhosas, que pelo menos a gente consegue manter distante dessa briga [familiar], desse momento conturbado que a gente vem passando."

Ele também elogia a atitude da cunhada, que xingou a mulher acusada do crime. "Eu teria feito muito pior, não imagino a raiva e o ódio que deve ter passado no coração dela", afirmou.

O caso de racismo aconteceu no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal, no último sábado (30). Giovanna e Bruno estavam no local com seus filhos, que brincavam na praia, e perceberam o que havia acontecido quando uma das crianças contou o episódio.

Bruno diz que viu o gerente pedindo para uma mulher ir embora, e então o casal a ouviu se negando a ir embora e falando ofensas raciais, como "pretos imundos", "voltem para África", "voltem para o Brasil" e "Portugal não é lugar para vocês". O ator imediatamente chamou a polícia, enquanto Giovanna gritava com a mulher.

Veja o desabafo de Thiago:


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS