Diário Online
Esporte / Esporte Brasil
TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Jogador que agrediu árbitro pode pegar até 20 anos de prisão

A agressão ocorreu na noite da última segunda-feira (05), em partida pela segunda divisão do Campeonato Gaúcho.

terça-feira, 05/10/2021, 09:45 - Atualizado em 05/10/2021, 10:26 - Autor: Com informações de UOL


Acusado de agredir o árbitro Rodrigo Crivellaro
Acusado de agredir o árbitro Rodrigo Crivellaro | Foto: Reprodução/Web

Agressões em campos de futebol acontecem geralmente entre jogadores de times rivais. Muitas vezes, porém, já noticiamos confusões entre atletas do mesmo time, no entanto, é raro falarmos de brigas entre jogador e juiz. Foi isso que aconteceu esta semana no Rio Grande do Sul, e o autor da agressão poderá ser preso.

O jogador do São Paulo-RS, William Ribeiro, foi detido após  a agressão contra o árbitro Rodrigo Crivellaro no jogo válido pela Série A2 do Campeonato Gaúcho. O atleta será autuado por tentativa de homicídio, segundo informações confirmadas pelo Portal UOL com  o delegado Vinicius Lourenço de Assunção.

De acordo com o delegado, o meia de 30 anos foi apresentado em flagrante pela Polícia Militar, o mesmo continuará detido no Presídio Venâncio Aires (RS), e seguirá a disposição da justiça. O jogador será autuado por tentativa de homicídio, e a pena, em caso de condenação, pode chegar a até 20 anos de prisão. 

 

O jogador pode ser condenado
O jogador pode ser condenado | Foto: Reprodução/Twitter
 

"Eu decidi pela autuação em flagrante deste rapaz, pela tentativa de homicídio, uma vez que, na minha percepção, ele assume o risco de um resultado letal. Quando você assume o risco de matar alguém, chuta a cabeça de alguém que estava praticamente desfalecida. Por essa razão, ele vai ser autuado pelo artigo 121 - por um motivo fútil", disse Vinícius.

LEIA TAMBÉM:

Imprensa argentina zoa Neymar após queda de WhatsApp

Técnico do Clube do Remo se irrita ao falar de "falso 9"

Partida de futebol termina com briga entre mulheres em Belém

O árbitro segue internado no hospital São Sebastião Mártir e segundo o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) Luciano Hocsman, o profissional ainda está se recuperando.

Em nota oficial, o presidente do São Paulo-RS, clube em que o acusado joga, lamentou o ocorrido e rescindiu o contrato do atleta.

 

Nota oficial publicada pelo clube no Twitter
Nota oficial publicada pelo clube no Twitter | Foto: Divulgação/São Paulo-RS
 

"O contrato com o atleta agressor está sumariamente rescindido. Ademais, todas as medidas possíveis e legais em relação ao fato serão tomadas."

E MAIS - Bastidores da vitória do Flamengo por 3 a 0 sobre o Athletico-PR



Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS