Diário Online
Esporte / Esporte Pará
FASE BOA

Atacante quer pés no chão e explica o "novo" Remo na Série B

Victor Andrade só sabe o que é vencer com a camisa do Leão; O jogador marcou um golaço na vitória sobre o Cruzeiro e explicou a comemoração; Camisa 9 alerta para que equipe não caia no comodismo.

quarta-feira, 21/07/2021, 21:31 - Atualizado em 21/07/2021, 21:31 - Autor: Kaio Rodrigues


Victor Andrade deu uma nova cara ao ataque do Leão Azul.
Victor Andrade deu uma nova cara ao ataque do Leão Azul. | Samara Miranda/Remo

Quatro jogos, três vitórias, uma derrota, nove pontos conquistados em 12 disputados. Esse é o Clube do Remo desde a chegada do técnico Felipe Conceição, de 42 anos. Muito do bom momento do Leão também tem a influência do atacante Victor Andadre, que desde sua estreia o Clube de Periça só venceu. Versátil, o novo camisa 9 deu maior volume ao ataque azulino.

Matheus Oliveira se prepara para estrear no Clube do Remo

"Estou feliz pela nossa terceira vitória consecutiva. Achamos o caminho. O professor nos mostrou como é mais fácil jogar, como é mais fácil se movimentar em campo. Não só eu, mas a equipe vem evoluindo bastante. Quando as coisas coletivas vão bem, as qualidades individuais começam a aparecer", destacou.

Victor Andrade fez um golaço na vitória sobre o Cruzeiro, na última terça-feira (20). O ataque aproveitou cruzamento perfeito de Thiago Ennes para acertar um voleio no ar e garantir mais três pontos na tabela de classificação. Na comemoração, ele fez o símbolo em referência ao gesto de saudação de Pantera Negra à Wakanda (país fictício, localizado na África subsariana, presente nas histórias em quadrinhos publicadas pela Marvel Comics).

"A comemoração foi para o meu filho. Hoje ele está com seis anos, mas desde pequenino ele dizia que eu era o Pantera Negra quando via desenhos. Sempre que marco gol tento homenagear o meu filho, minha mãe ou alguém próximo. Ele vinha pedindo ‘pai, meu gol’ e ai eu tive que homenageá-lo", revelou.

Além das três vitórias seguidas, o que vem animando os torcedores do Remo são as boas atuações que a equipe vem apresentando. Uma equipe que demonstra saber o que fazer com ou sem a bola. Substituições que não deixam o ritmo cair e um treinador que parece ter o elenco na mão. Victor Andrade disse que o espírito e união do grupo estão sendo primordiais para o crescimento.

"Acredito que mais que o estilo de jogo, é a entrega que está acontecendo. Estamos saindo do campo deixando tudo, independente do resultado. Chegamos no vestiário de cabeça erguida, um olhando no olho do outro. Quando todos se dedicam ao máximo, corre pelo outro, o resultado, na maioria das vezes, será positivo", alertou.

O próximo compromisso de Victor Andrade e do Clube do Remo será na próxima sexta-feira, 23, contra o lanterna Londrina. O confronto acontece no Estádio do Café e é válido pela 14ª rodada da competição nacional. Apesar do bom momento da equipe e do adversário fragilizado na última colocação, o camisa 9 alerta para que o grupo não caia no comodismo.

"Estamos felizes com essas vitórias consecutivas, mas com os pés no chão. Sabemos que o campeonato é intenso. Todas as equipes são qualificadas e estão paralelas. Não podemos achar que porque ganhamos três partidas seguidas que está tudo evoluído. Estamos buscando evoluir mais e temos sempre que nos entregar", finalizou.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS